Uma programada, outra nem tanto. Um francês, 32 anos de idade, 15 medalhas internacionais, três vezes campeão mundial dos 50 costas, a outra, a maior nadadora da Nova Zelândia, 29 anos de idade, 19 medalhas internacionais que deixa o esporte por conta de uma lesão no quadril.

Camille Lacourt fez o seu “au revoir” da melhor forma possível. Venceu os 50 metros costas no domingo, encerramento do Mundial de Budapeste com 24.35, 16 centésimos a frente do japonês Junya Koga. Lacourt fechou a carreira se tornando tri campeão mundial da prova favorita onde foi medalhista pela primeira vez com uma prata em Shanghai 2011 (24.57), venceu o primeiro título em Barcelona 2013 (24.42) e se tornou bi campeão em Kazan 2015 (24.23).

Isso é apenas um pouco de tudo que Lacourt fez pela natação francesa. Olímpico em 2012 e 2016, foi oito vezes medalhista em Campeonatos Mundiais de Longa, cinco medalhas de ouro, também subiu ao pódio em Mundiais de Curta com um bronze e destacado nadador em Campeonatos Europeus com cinco títulos continentais.

Quinto colocado nos 100 costas no Rio 2016, Lacourt saiu bastante chateado da sua última Olimpíada e prometeu seguir nadando até Budapeste para finalmente se despedir. Atleta destacado e bastante popular em seu país, é visto com frequência em comerciais e campanhas publicitárias. É casado com a Miss França 2008, Valérie Bégue, com quem tem uma filha, Jazz, que completa cinco anos em outubro.

Camille Lacourt é natural de Narbonne, completou 32 anos em abril, é um gigante de 2 metros de altura e que há anos treina e vive na cidade de Marseille. Em 2013, tentou por alguns meses treinar na Austrália, porém retornou para o seu país onde concluiu sua carreira treinando com Romain Barnier, técnico que lhe acompanha há várias temporadas.

MEDALHAS DA CARREIRA DE CAMILLE LACOURT

COMPETIÇÃO OURO PRATA BRONZE TOTAL
MUNDIAL 5 2 1 8
MUNDIAL CURTA 0 1 0 1
EUROPEU LONGA 5 0 0 5
EUROPEU CURTA 0 0 1 1
TOTAL 10 3 2 15

 

A outra aposentada não foi nada programado. Deixa o esporte depois do diagnóstico de sua recuperação após uma complicada cirurgia de quadril. Lauren Marie Boyle, 29 anos, natural de Auckland, não queria deixar de nadar.

No ano passado, uma dor constante no quadril atrapalhou sua programação e lhe afetou nos resultados dos Jogos Olímpicos onde nem chegou a final onde havia depois de ser vice campeã mundial no ano anterior nos 800 e 1500 metros nado livre em Kazan. Nos 400 livre, Boyle ficou em 14o lugar e nos 800 ocupou a nona colocação perdendo a vaga na final por apenas 29 centésimos.

Boyle ganhou sua primeira medalha internacional em 2006, tinha 18 anos quando ficou em terceiro lugar no Commonwealth Games. Na sua carreira, esteve em três Olimpíadas e seu melhor resultado foi um quarto lugar nos 800 livre dos Jogos de Londres 2012.

Em Campeonatos Mundiais, foi cinco vezes medalhista em Mundiais de Longa e duas vezes em Mundiais de Curta. Ainda na sua carreira teve um recorde mundial nos 1500 metros nado livre em piscina curta em 2014 marcando 15:22.68 em um torneio local em seu país.

Graduada na Cal Berkeley, nos Estados Unidos, Boyle, alternou treinadores nas últimas temporadas. Depois que seu técnico foi demitido, foi treinar na Austrália com Dennis Cotterell que lhe orientou até a campanha do Rio 2016.

A intenção de Lauren Boyle era retornar a natação competitiva mesmo com a cirurgia do quadril. Entretanto, pela falta de suporte financeiro de sua federação, e ausência de técnico, e principalmente o período indicado para a sua completa recuperação, fizeram a nadadora repensar a sua carreira anunciando a aposentadoria prematura do esporte.

MEDALHAS DA CARREIRA DE LAUREN BOYLE

COMPETIÇÃO OURO PRATA BRONZE TOTAL
MUNDIAL 0 2 3 5
MUNDIAL CURTA 1 0 1 2
PAN PACÍFICO 0 2 1 3
COMMONWEALTH GAMES 1 2 1 4
UNIVERSÍADES 2 2 1 5
TOTAL 4 8 7 19
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *