Allan do Carmo durante a prova de 10Km da maratonas aquaticas realizada na praia de Copabana. Jogos Olimpicos Rio 2016. 16 de Agosto de 2016, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress
FABIOLA MOLINA

Por um voto não foi unanimidade. Allan do Carmo foi o único representante do Brasil na maratona aquática masculina do Rio 2016. Esteve durante grande parte da prova entre os principais concorrentes. Chegou até estar no pelotão da frente, terminou em 18o lugar, pouco mais de 16 segundos atrás do holandês Ferry Weertman, campeão da prova.

Ausente em 2012, Allan voltou a ser olímpico aos 27 anos de idade. Mais destacado nadador de águas abertas do país, Allan foi campeão da Copa do Mundo em 2014 e tem duas medalhas em Mundiais, as duas em provas de equipes.

Allan do Carmo, Poliana Okimoto. Rei e Rainha do Mar 2016, Praia de Copacabana, posto 5. 09 de Dezembro de 2016, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/Effect Sport
Allan do Carmo, Poliana Okimoto. Rei e Rainha do Mar 2016, Praia de Copacabana, posto 5. 09 de Dezembro de 2016, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/Effect Sport

Enquanto a grande maioria dos atletas da aquática nacional gozam de merecidas férias, Allan do Carmo passa esta época de festas treinando. Sob o comando de seu treinador, Rogério Arapiraca, Allan já está em preparação para as seletivas do Mundial de Budapeste em julho. O baiano de Salvador quer manter uma tradição de 11 anos consecutivos na Seleção Brasileira Principal.

Também concorreram ao prêmio Samuel de Bona do União, campeão brasileiro de águas abertas de 2016 e Victor Hugo Colonese, vice campeão brasileiro e medalhista de prata no Sul-Americano na prova dos 5 quilômetros.

trofeu-best-swimming-allan-silva

Allan Lopes Mamédio do Carmo, MELHOR NADADOR DE ÁGUAS ABERTAS DO BRASIL.

Deixe uma resposta