Parece brincadeira, mas não é. Florent Manaudou, anunciou hoje através de suas redes sociais que irá dar uma parada na sua carreira de natação. O campeão mundial dos 50 metros nado livre, e nadador mais rápido da era pós-trajes, vai se dedicar ao esporte que praticou na juventude e deixou prematuramente, o handebol. Manaudou já está treinando com a equipe do Aix en Provence, clube da segunda divisão da liga nacional de handebol na França. A mudança, segundo Manaudou, é para refrescar sua carreira embora ele vá cumprir algumas competições previamente acordadas para a temporada de 2016.

2048x1536-fit_florent-manaudou-apres-titre-50-papillon-3-aout-2015

Veja na íntegra o depoimento de Manaudou:
“Um bolha de ar na linha d’água”
Desde a Olimpíada no Rio, eu descobri o que seria minha rotina e meu desejo neste meio. Depois de dois ciclos de quatro anos coroado com duas medalhas olímpicas, eu quero preservar e manter o prazer o qual tem sido minha maior energia durante estes oito anos. Em acordo com o meu clube, o CN Marseille, o Presidente e o treinador principal, eu decidi manter o meu vínculo com a entidade que me deu toda projeção esportiva. Ao mesmo tempo, eu pensei nas rotas de nadadores como minha irmã Laure, a falecida Camille Muffat ou mais recentemente Yannick Agnel. Eu também aprendi com Anthony Ervin e seu retorno vitorioso e o retorno adequado na carreira de Michael Phelps. Estes exemplos me fizeram tomar uma decisão pensada de não tomar decisões precipitadas e radicais ou continuar sem prazer por razões erradas. Assim, eu decidi tomar um parenteses na minha rotina de três treinos diários (dois de piscina e um de preparação física), embora vou continuar minha atividade de algumas competições já acordadas para este ano. Ao mesmo tempo, eu quero buscar inspiração em treinos que me atraiam para o meu máximo. Afim de evitar rumores e especulações, eu comecei a treinar handebol com o Aix Handball porque foi um esporte que sempre gostei e deixei de praticá-lo prematuramente. Estou praticando sem ambição além de me manter ativo e na busca de um prazer diferente. O sistema no qual estou envolvido incorre numa grande cobertura de mídia e não quero que isso venha a prejudicar uma futura oportunidade de dar outra medalha olímpica para a França. Eu quero disfrutar deste momento, estar ao redor de pessoas diferentes, viajar, me divertir, curtir minhas músicas, a gastronomia. Estas áreas me atraem. Eu estou disponível para as empresas que acreditarem em mim e quero seguir as parcerias que faço parte (Restaurante The Pool e a companhia de treinamento online Wineven). Também estarei participando de competições previamente acordadas no Tahiti de 7 a 10 de outubro e o Campeonato da França a partir do dia 6 de novembro.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *