FABIOLA MOLINA

A 45a. edição do Troféu José Finkel terminou neste sábado com o Esporte Clube Pinheiros tomando novamente o título geral da competição, quebrando a sequência de 5 títulos do rival Minas Tênis Clube. O clube paulista liderou a pontuação desde o primeiro dia, mantendo vantagem entre 150 e 290 pontos durante os seis dias de disputas, e sagrou-se campeão com 2664 pontos. É o 12o. título da história do clube, o maior campeão do Troféu José Finkel.

Pinheiros Campeao - Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.
Pinheiros Campeao – Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.

O vice-campeonato ficou com o FIAT/Minas Tênis Clube, que acumulou 2114,50 pontos, seguido do Sport Club Corinthians Paulista com 1682,5 pontos. Unisanta, com 1349,5, e Grêmio Náutico União, com 905,5, completam o TOP 5 dos maiores clubes pontuadores desta competição:

screen-shot-2016-09-17-at-19-04-45

É importante relembrar que nenhuma equipe do Norte e do Nordeste do Brasil está participando desta competição.

Felipe Franca - Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.
Felipe Franca – Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.

No último dia de finais, apenas Felipe França (Corinthians) conseguiu novamente superar o índice exigido pela CBDA para participação do Campeonato Mundial de Piscina Curta em Windsor, no Canadá. Felipe, que já tinha índice nos 100 e 200 peito, agora venceu os 50 peito com 26.09. Felipe estará ao lado de Etiene Medeiros para defender seu título mundial conquistado há dois anos atrás, em Doha, quando venceu a prova com o atual recorde sul-americano, 25.63. Felipe Lima (Minas Tênis), classificado nos 100 peito, ficou em 2o. com 26.24, e João Luiz Gomes Junior (Pinheiros) completou o pódio com 26.54.

Com isso, confirma-se que apenas 5 atletas conseguiram atingir o índice para o Mundial: Felipe França (50, 100 e 200 peito), Thiago Simon (200 peito), Nicholas dos Santos (50 borboleta), Etiene Medeiros (50 livre e 50 costas) e Felipe Lima (100 peito). Uma curiosidade: apesar de ser o clube campeão da competição, o Pinheiros não teve nenhum atleta com índice.

As outras 11 vagas serão preenchidas por ranking de melhor índice técnico da competição. Manuella Lyrio, Leonardo de Deus, Lucas Kanieski, Brandonn Almeida e Kaio Márcio são os nomes alguns dos nomes quase confirmados, que aguardarão o boletim da CBDA anunciando a seleção brasileira nesta semana.

Jhennifer Conceicao - Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.
Jhennifer Conceicao – Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.

De recordes, o último dia teve 2 sul-americanos, 1 brasileiro e 1 de campeonato. O primeiro deles foi nos 50 peito feminino, com Jhennifer Conceição (Pinheiros), que marcou 30.31, superando o recorde de Tatiane Sakemi, com 30.50, que vinha desde 2009. Nesta prova, Carolyne Mazzo ficou em 2a. com 30.73, melhorando bem de sua antiga melhor marca pessoal, 31.92 do Finkel de 2014.

Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.
Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.

O segundo veio de forma curiosa, no revezamento 4×100 medley feminino. A equipe do Minas Tênis venceu com 3:57.00, superando a marca continental que pertencia ao Brasil, com 3:57.66, desde 2012. Mas a equipe tem entre suas componentes uma argentina, Macarena Ceballos, que nadou a parcial de peito. Mesmo assim, o recorde é considerado oficial por todas as atletas: 1) competirem representando a mesma equipe e 2) todas as atletas são sul-americanas. É a primeira vez – de acordo com nossos arquivos – que um recorde sul-americano é oficializado contendo atletas de duas nacionalidades diferentes.

Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.
Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.

E por falar em argentina, a atual recordista sul-americana dos 200 costas, Andrea Berrino (Unisanta), não deixou dúvidas sobre sua superioridade vencendo com 3 segundos de diferença e quebrando o recorde do campeonato com 2:06.91. Natalia de Luccas piorou a marca de manhã e ficou em 2a. com 2:10.56 e outra argentina, Florencia Perotti (Pinheiros), ficou em 3o. com 2:10.82.

Leonardo de Deus - Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.
Leonardo de Deus – Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.

Nos 200 costas masculino, Leonardo de Deus (Corinthians) fechou com chave de ouro sua participação nesta competição, superando o recorde brasileiro de 2008 de Lucas Salatta, marcando 1:51.51. Com a vitória e bonificação, Leo passou o companheiro de equipe Thiago Simon no ranking de atletas que mais pontuaram e levou também o troféu eficiência. Fábio Santi (Pinheiros), 1:53.10, e Nathan Bighetti (Minas Tênis), 1:54.06, completaram o pódio.

Larissa Oliveira - Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.
Larissa Oliveira – Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.

Nos 100 livre feminino, Larissa Oliveira (Pinheiros) conseguiu sua primeira e única vitória na competição batendo as duas melhores das eliminatórias, vencendo com 53.03 contra 53.07 de Etiene, e 53.38 de Alessandra Marchioro (Unisanta).

Gabriel Santos - Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress.
Gabriel Santos – Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress.

No masculino, assistimos à primeira vitória em campeonato absoluto para Gabriel Silva Santos, componente do revezamento olímpico no Rio 2016, com 47.50, piorando sua marca obtida nas eliminatórias, 47.08, mas suficiente para bater os favoritos Nicolas Oliveira (Minas Tênis), 47.64, e Marcelo Chierighini (Pinheiros), 47.99.

Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.
Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.

Na última prova da competição, o 4×100 medley masculino, por pouco não foi festa completa para o Pinheiros: Marcelo Chierighini fechou com 46.37 e por 14 centésimos não bateu Marco Macedo que fechou pelo equipe campeã, Minas Tênis Clube. Detalhe que o Pinheiros acabou poupando seu melhor atleta de costas, Guilherme Guido, que acabava de nadar os 200 costas. O Corinthians, que estava na frente até o borboleta, terminou em 3o. com 3:28.79. Confira as parciais:

MINAS TÊNIS
GABRIEL FANTONI, 52.46
FELIPE LIMA, 56.85
KAIO ALMEIDA, 51.10
MARCO MACEDO, 47.64

PINHEIROS
GUILHERME BASSETO, 52.60
DIEGO PRADO, 57.49
GUILHERME ROSOLEN, 51.73
MARCELO CHIERIGHINI, 46.37

CORINTHIANS
ANDRE SANTOS, 53.14
FELIPE FRANCA, 56.33
LEONARDO DE DEUS, 51.33
LEONARDO ALCOVER, 47.99

Etiene Medeiros - Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.
Etiene Medeiros – Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.

 

Thiago Simon - Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.
Thiago Simon – Trofeu Jose Finkel de Natacao no Clube Internacional de Regatas. 17 de Setembro de 2016, Santos, SP, Brasil. Foto:Satiro Sodré/SSPress.

Os melhores índices técnicos confirmaram-se como Etiene Medeiros (23.88 nos 50 livre) e Thiago Simon (2:02.58 nos 200 peito), enquanto que o troféu eficiência ficou com Joanna Maranhão e Leonardo de Deus.

No total, foram computados 39 recordes, 12 novos recordes sul-americanos, 13 recordes brasileiros e 14 recordes de campeonato:

  • RECORDES SUL-AMERICANOS
    1. Minas Tênis Clube, 4×100 medley fem, 3:57.00
    2. Jhennifer Conceição, 50 peito, 30.31
    3. Viviane Jungblut, 400 livre, 4:03.68
    4. Miguel Valente, 800 livre, 7:42.79
    5. Esporte Clube Pinheiros, 4×200 livre fem, 7:52.71
    6. Etiene Medeiros, 50 livre, 23.88
    7. Joanna Maranhão, 100 medley, 1:00.21
    8. Julia Sebastian, 200 peito, 2:22.28
    9. Thiago Simon, 200 peito, 2:02.58
    10. Lucas Kanieski, 1500 livre, 14:40.31
    11. Manuella Lyrio, 200 livre, 1:54.76 (final)
    12. Manuella Lyrio, 200 livre, 1:55.90 (eliminatória)
  • RECORDES BRASILEIROS
    1. Leonardo de Deus, 200 costas, 1:51.51
    2. Jhennifer Conceição, 50 peito, 30.31
    3. Leonardo de Deus, 400 livre, 3:41.75
    4. Viviane Jungblut, 400 livre, 4:03.68
    5. Miguel Valente, 800 livre, 7:42.79
    6. Esporte Clube Pinheiros, 4×200 livre fem, 7:52.71
    7. Viviane Jungblut, 800 livre, 8:19.57
    8. Etiene Medeiros, 50 livre, 23.88
    9. Joanna Maranhão, 100 medley, 1:00.21
    10. Thiago Simon, 200 peito, 2:02.58
    11. Lucas Kanieski, 1500 livre, 14:40.31
    12. Manuella Lyrio, 200 livre, 1:54.76 (final)
    13. Manuella Lyrio, 200 livre, 1:55.90 (eliminatória)
  • RECORDES DE CAMPEONATO
    1. Minas Tênis Clube, 4×100 medley fem, 3:57.00
    2. Leonardo de Deus, 200 costas, 1:51.51
    3. Andrea Berrino, 200 costas, 2:06.91
    4. Jhennifer Conceição, 50 peito, 30.31
    5. Etiene Medeiros, 50 costas, 26.16 (eliminatória)
    6. Leonardo de Deus, 400 livre, 3:41.75
    7. Viviane Jungblut, 400 livre, 4:03.68
    8. SESI-SP, 4×100 livre fem, 3:36.56
    9. Joanna Maranhão, 200 borboleta, 2:07.17
    10. Miguel Valente, 800 livre, 7:42.79
    11. Viviane Jungblut, 800 livre, 8:19.57
    12. Joanna Maranhão, 400 medley, 4:33.92
    13. Etiene Medeiros, 50 livre, 23.88
    14. Joanna Maranhão, 100 medley, 1:00.21
    15. Thiago Simon, 200 peito, 2:02.58
    16. Lucas Kanieski, 1500 livre, 14:40.31
    17. Daiene Dias, 100 borboleta, 56.83

Confira os resultados: trofeu-jose-finkel-2016-resultados-finais-dia-6-17-setembro

1 Comentário

Deixe uma resposta