Sempre bom é olhar para trás, serve de referência, especialmente agora que vamos iniciar um novo ciclo olímpico. Mostra que alguns atletas campeões no Rio 2016 já eram consagrados há quatro anos, outros nem tanto. Mostra uma evolução incrível de alguns que nem eram destaques em seus países.

MASCULINO
50 livre – Anthony Ervin, Estados Unidos 21.40
Ficou em 5o lugar em Londres 2012 com 21.78. Sua saída foi muito ruim prejudicando muito ele na prova.

100 livre – Kyle Chalmers, Austrália 47.58
Kyle Chalmers tinha 14 anos nos Jogos de Londres em 2012. Em abril daquele ano, quando ainda tinha 13 anos de idade, venceu o Campeonato Australiano de Categorias quebrando o recorde nacional para 13 anos e menos com 52.29.

200 livre – Sun Yang, China 1:44.65
Foi medalha de prata em Londres, 1:44.93 empatado com o sul-coreano Tae Hwan Park. A vitória foi do francês Yannick Agnel com 1:43.14.

400 livre – Mack Horton, Austrália 3:41.55
Mack Horton ficou em 12o lugar nos 400 metros nado livre na seletiva australiana de 2012 com 3:56.93, na época sua melhor marca pessoal. Depois venceu o Campeonato de categorias com 3:56.49 e dias depois da Olimpíada de Londres venceu o Pan Pacífico Júnior com 3:52.26.

1500 livre – Gregorio Paltrinieri, Itália 14:34.57
Com 17 anos de idade, Gregorio Paltrinieri chegou a final da prova em Londres depois de fazer sua melhor marca pessoal nas eliminatórias. Ficou em quinto lugar com 14:51.92.

CpyQyjWUEAAncCs

100 costas – Ryan Murphy, Estados Unidos 51.97
Ryan Murphy tinha 17 anos na seletiva olímpica de 2012. Ficou em sexto lugar no 100 costa com 53.92. Os dois medalhistas de ouro e prata, Matt Greevers e Nick Thoman ficaram com as vagas.

200 costas – Ryan Murphy, Estados Unidos 1:53.62
Terminou na quarta colocação com 1:57.39, os dois medalhistas de ouro e prata, Tyler Clary e Ryan Lochte ficaram com as vagas americanas.

100 peito – Adam Peaty, Grã-Bretanha 57.13
Peaty ficou de fora da final dos 100 peito na seletiva britânica de 2012. Tinha 18 anos de idade e nadou para 1:02.35. Ele só foi conseguir nadar abaixo de 1:02. no ano seguinte.

200 peito – Dmitry Balandin, Cazaquistão 2:07.46
Um nadador promissor de 17 anos de idade e que foi mandado para o Mundial Júnior de Águas Abertas de 2012, uma semana depois dos Jogos de Londres. Ficou em 41o dos 43 nadadores que participaram da prova dos 7,5 quilômetros. No final do ano, nadou para 2:07.48 nos 200 peito, mas em piscina curta.

100 borboleta – Joseph Schooling, Singapura 50.39
Aos 17 anos de idade, Schooling participou dos Jogos de Londres não passando das eliminatórias. Ficou em 35o lugar nos 100 borbolta com 53.63 e em 26o nos 200 borboleta com 1:59.18.

200 borboleta – Michael Phelps, Estados Unidos 1:53.36
Michael Phelps perdeu o ouro em Londres por cinco centésimos para o sul-africano Chad Le Clos nadando para 1:53.01. Phelps teve três viradas erradas e uma chegada deslizada.

200 medley – Michael Phelps, Estados Unidos 1:54.66
Phelps se tornou no primeiro tri campeão olímpico da história ao vencer a prova em Londres com 1:54.27.

400 medley – Kosuke Hagino, Japão 4:06.05
O jovem Kosuke Hagino de 17 anos de idade fez um final de prova incrível para levar o bronze com 4:08.94. Ryan Lochte foi o campeão da prova com 4:05.18 e Thiago Pereira levou a prata com 4:08.86.

FEMININO
50 livre – Pernille Blume, Dinamarca 24.07
Sua primeira Olimpíada, aos 18 ano de idade, ficou nas eliminatórias dos 50 livre em 24o lugar com 25.54 e em 19o nos 100 livre com 55.04. Seus melhores resultados vieram fechando o revezamento da Dinamarca, sexto lugar no 4×100 livre e sétimo no 4×100 medley.

CqdN4IvWgAAM3bA

100 livre – Simone Manuel,Estados Unidos e Penny Oleksiak, Canadá 52.70
Simone Manuel tinha 16 anos de idade na seletiva americana de 2012. Ficou em 17o lugar nas eliminatórias o nadar para 55.45. Apenas sete centésimos de chegar a semifinal.
Penny Oleksiak tinha apenas 12 anos de idade. No ranking canadense daquele ano, ela ficou em 11o lugar na categoria 12 anos de idade nadando os 100 livre para 1:02.11.

200 livre – Katie Ledecky, Estados Unidos 1:53.73
Aos 15 anos de idade, Katie Ledecky nadou a prova no USA Olympic Trials e chegou as semifinais terminando em nono lugar com 1:58.66. Ficou a dois centésimos de chegar a final da prova.

400 livre – Katie Ledecky, Estados Unidos 3:56.46
Katie Ledecky terminou em terceiro lugar na prova da seletiva americana com 4:05.00, sua melhor marca pessoal. As vagas ficaram com Allison Schmitt que se sagraria campeã olímpica e Chloe Sutton que não passou das eliminatórias. Sutton nadou para 4:04.18.

800 livre – Katie Ledecky, Estados Unidos 8:04.79
Katie Ledecky era a mais jovem nadadora do time americano com 15 anos de idade e ganhou a medalha de ouro com 8:14.63, quatro segundos de vantagem sobre a espanhola Mireia Belmonte, vice campeã.

100 costas – Katinka Hosszu, Hungria 58.45
Primeira vez que nada a prova em Jogos Olímpicos. Estava em Londres, nadou quatro provas (200 e 400 medley, 200 borboleta e 4×200 livre). Na época, nem quebrava a barreira do minuto nos 100 costas.

200 costas – Maya Dirado, Estados Unidos 2:05.99
Maya Dirado ficou em 27o lugar na seletiva americana com 2:15.02. Seus melhores resultados vieram nas provas de medley onde ficou em quarto lugar nos 200 medley e mesma colocação nos 400 medley.

100 peito – Lilly King, Estados Unidos 1:04.93
Lilly King tinha 15 anos de idade em 2012. Optou por não nadar a seletiva americana focando no USA Junior Nationals onde nadou para 1:13.32. Semanas antes, havia nadado melhor para 1:12.04.

200 peito – Rie Kaneto, Japão 2:20.30
Foi olímpica em 2008, finalista desta prova terminando em sétimo lugar com 2:25.14, mas ficou de fora do time japonês para Londres ao terminar em terceiro lugar na seletiva olímpica de seu país.

100 borboleta – Sarah Sjoestroem, Suécia 55.48
Ficou em quarto lugar com 23 centésios atrás da australiana Alicia Coutts que levou a medalha de bronze. Tinha 18 anos e nadou seis provas (50, 100, 200 livre, 100 borboleta, 4×100 livre e 4×100 medley) em Londres chegando a final apenas nos 100 borboleta.

200 borboleta – Mireia Belmonte, Espanha 2:04.85
Mireia Belmonte foi prata em Londres com 2:05.25 perdendo para a chinesa Jiao Liuyang campeã com 2:04.06.

200 medley – Katinka Hosszu, Hungria 2:06.58
Ficou em oitavo na final com 2:14.19. Piorou quatro segundos dos tempos que fez nas eliminatórias e semifinal.

400 medley – Katinka Hosszu, Hungria 4:26.36
Quarta colocada na prova com 4:37.55 piorando quatro segundos em relação as marcas que havia feito nas eliminatórias e semifinais.

2 respostas
  1. Stenlley
    Stenlley says:

    Coach, o recorde mundial dos 100m costas batido por Ryan Murphy no revezamento 4x100m medley foi válido? Irá entrar mesmo como novo recorde mundial ou ele precisará de outra competição oficial para tentar repetir o feito? Abraço

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *