Cameron McEvoy anunciou hoje que não irá disputar a prova dos 200 metros nado livre nos Jogos Olímpicos do Rio. A decisão, segundo o próprio McEvoy, foi focar no revezamento 4×100 livre que tem a sua final no mesmo dia em que acontecem as eliminatórias e semifinais dos 200 livre.

O nadador de 22 anos se tornou no primeiro australiano a vencer as provas de 50, 100 e 200 livre em uma seletiva olímpica de seu país.

7gOUTwgF

A decisão foi tomada em conjunto após meses de discussão com seu treinador Richard Scarce e o diretor técnico da Seleção, o holandês Jacco Verhaeren. O anúncio veio momentos antes da viagem da delegação para os Estados Unidos onde fazem o training camp final antes de chegar ao Rio em agosto.

“Se o programa fosse igual ao do Mundial eu não sairia da prova” disse McEvoy relatando a disposição das provas e principalmente a questão dos rigorosos horários que a natação será realizada no Rio.

Se McEvoy mantivesse o programa das três provas individuais, nadaria um total de 12 provas, entre eliminatórias, semifinais e finais, contando ai a participação nas finais dos três revezamentos.

Australian+Commonwealth+Games+Swim+Team+Uniform+wl5vJjGIg9Vl

Fora isso, os 200 livre acontecem no mesmo dia do revezamento 4×100 livre e os 100 livre no mesmo dia do revezamento 4×200 livre.

Com a saída de Cameron McEvoy dos 200 livre, entra David McKeon, que já estava na equipe para os 400 livre e o revezamento 4×200. McKeon vai ter a oportunidade de repetir o mesmo programa que seu pai, Ron McKeon fez nos Jogos de Los Angeles, em 1984, nadando os 200, 400 e 4×200 metros nado livre.

Saindo dos 200 livre, o novo programa para Cameron McEvoy no Rio 2016 passa a ser:
Dia 6 de agosto, primeiro dia de competição
Folga
Dia 7 de agosto, segundo dia de competição
Eliminatória e final 4×100 livre
Dia 8 de agosto, terceiro dia de competição
Folga
Dia 9 de agosto, quarto dia de competição
100 livre eliminatória e semifinal
Eliminatória e final 4×200 livre
Dia 10 de agosto, quinto dia de competição
Final 100 livre
Dia 11 de agosto, sexto dia de competição
Folga
Dia 12 de agosto, sétimo dia de competição
Eliminatória e semifinal 50 livre
Dia 13 de agosto, oitavo dia de competição
Final 50 livre
Eliminatória e final 4×100 medley

No ranking mundial de 2016, Cameron McEvoy aparece em bem melhores condições nos 50 e 100 livre do que nos 200 livre. É o primeiro nos 100 livre com 47.04, o segundo nos 50 livre com 21.44, mas apenas o sexto nos 200 livre com 1:45.63.

Mesmo em sexto lugar, a diferença para uma medalha é mínima. Apenas 22 centésimos separam McEvoy de um possível bronze e menos de um segundo para os 1:44.82 do chinês Sun Yang, líder do ranking mundial de 2016.

A decisão de Cameron McEvoy foi pela equipe. Decisão esta baseada na busca dos australianos em medalhas, especialmente de ouro. O resultado dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, foi o pior dos últimos 30 anos. Foram 10 medalhas, mas apenas uma de ouro.

Agora, os australianos chegam ao Rio com sete nadadores na liderança do ranking mundial de 2016:
50 e 100 livre feminino com Cate Campbell, 100 costas feminino com Emily Seebohm, 200 costas feminino com Belinda Hocking, 200 borboleta feminino com Madeline Groves, 100 livre masculino com Cameron McEvoy e 200 costas masculino com Mitchell Larkin.

Em Londres 2012, McEvoy nadou apenas os revezamentos 4×100 livre, quarto colocado, e 4×200 livre, quinto colocado.

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *