Confira as apostas dos especialistas do Pool Party

10
1778
FABIOLA MOLINA

A edição pré-olímpica do Olympic Pool Party reuniu mais uma vez alguns dos maiores especialistas da natação brasileira discutindo os Jogos Olímpicos e principalmente as suas apostas para o Rio 2016. O evento teve transmissão ao vivo pela internet e o vídeo está disponível no site.

Algumas apostas do Pool Party merecem ser destacadas e discutidas. O grupo todo vê dificuldades para os Estados Unidos ganhar da Austrália na competição. Na soma dos votos, apenas uma medalha para a Seleção Brasileira na piscina, uma prata para Bruno Fratus nos 50 livre e duas medalhas, ouro para Ana Marcela Cunha e bronze para Poliana Okimoto nas águas abertas.

Algumas apostas foram unanimidades. Entre as mulheres, ouro para Cate Campbell da Austrália nos 50 e 100 livre, a americana Katie Ledecky nos 400 e 800 livre, Sarah Sjoestroem da Suécia nos 100 borboleta, Emily Seebohm da Austrália nos 100 costas, Katinka Hosszu da Hungria nos 200 e 400 medley, mais o revezamento 4×100 livre para Austrália e o 4×200 livre dos Estados Unidos

Nos homens, foram menos unanimidades, sete, Cameron McEvoy da Austrália nos 100 livre, Sun Yang da China nos 200 livre, Gregorio Paltrinieri da Itália nos 1500 livre, Mitchell Larkin da Austrália nos 200 costas, o britânico Adam Peaty nos 100 peito e os revezamentos americanos 4×200 livre e 4×100 medley.

Veja alguns outros detalhes dos votos de cada um:

Nas apostas do Coach Alex Pussieldi (SporTV)
* Único que não acreditou em medalhas de ouro para Michael Phelps.
* Único que acreditou em Marcelo Chierighini em bronze nos 100 livre.
* Foi o mais “Pacheco” do Pool Party acreditando em cinco medalhas na piscina e mais três nas águas abertas para o Brasil.

Nas apostas de William de Lima (ESPN Brasil)
* Único que previu Katinka Hosszu batendo Emily Seebohm nos 200 costas.

Nas apostas de Flávia Delaroli (ESPN Brasil)
* Única do grupo que não votou na vitória de Florent Manaudou da França nos 50 livre, votou em Bruno Fratus.
* Nos 100 peito masculino, foi a única a não colocar o sul-africano Cameron van der Burgh no top 3.

Nas apostas de Patrick Winkler (Grupo Bandeirantes)
* Foi o único que não acredita na vitória de Josh Prenot nos 200 peito e até deixou ele de fora do pódio. Ainda no peito, Winkler também não confiou na primeira colocada do ranking de 2016, Rie Kaneto, deixando de fora do pódio.
* O melhor do mundo no ano, David Plummer, não está no pódio olímpico.
* A vitória do 4×200 livre britânico em Kazan foi uma surpreas, e Winkler não acredita nem em pódio para o Rio 2016.

Nas apostas de Fabíola Molina (SporTV)
* Única a votar em Daiya Seto para vencer os 400 medley batendo Kosuke Hagino, a aposta de todos os outros.
* Bronze para Etiene Medeiros nos 100 costas, foi a sua aposta mais ousada. Nos 200 medley, não colocou Maya Dirado entre as três primeiras.
* Seu palpite mais arriscado foi um bronze nos 100 peito, empatado entre os brasileiros Felipe França e João Luiz Gomes Jr.

Nas apostas de Mayra Siqueira (CBN)
* Única a deixar a holandesa Ranomi Kromowidjojo fora do pódio nos 50 livre e a sueca Sarah Sjoestroem fora do pódio dos 100 livre.
* Nos 200 medley, o melhor tempo do mundo em 2016, Kosuke Hagino não aparece no seu pódio.

Nas apostas de Gustavo Borges (TV Globo)
* Deixou Federica Pellegrini de fora do pódio, foi o único do grupo.
* Também não acreditou na australiana Jessica Ashwood fora do top 3 nos 800 livre feminino.
* Chase Kalisz tem sido medalhista em Mundiais em 2013 e 2015. Venceu a seletiva americana e nadou abaixo dos 4:10, mesmo assim está fora do pódio olímpico das apostas de Gustavo Borges.

Nas apostas de Daniel Takata (SporTV)
* Não confiou em Maya Dirado e seus resultados da seletiva. Ficou de fora do pódio dos 400 medley.

Apostas completas:
apostas_olimpicas_impressao

10 Comentários

  1. Prova Ouro Prata Bronze
    50m livre feminino Kromowidjojo, Ranomi (NED) Campbell, Cate (AUS) Alshammar, Therese (SWE)
    100m livre feminino Sjostrom, Sarah (SWE) Campbell, Cate (AUS) Campbell, Bronte (AUS)
    200m livre feminino Sjostrom, Sarah (SWE) Pellegrini, Federica (ITA) Heemskerk, Femke (NED)
    400m livre feminino Ledecky, Katie (USA) Smith, Leah (USA) Kapas, Boglarka (HUN)
    800m livre feminino Ledecky, Katie (USA) Ashwood, Jessica (AUS) MacLean, Brittany (CAN)
    100m borboleta feminino Sjostrom, Sarah (SWE) Ottesen, Jeanette (DEN) Oleksiak, Penny (CAN)
    200m borboleta feminino Hoshi, Natsumi (JPN) Belmonte, Mireia (ESP) Groves, Madeline (AUS)
    100m costas feminino Seebohm, Emily (AUS) Nielsen, Mie (DEN) Hosszu, Katinka (HUN)
    200m costas feminino Hosszu, Katinka (HUN) Seebohm, Emily (AUS) Hocking, Belinda (AUS)
    100m peito feminino Meilutyte, Ruta (LTU) Atkinson, Alia (JAM) Johansson, Jennie (SWE)
    200m peito feminino Kaneto, Rie (JPN) Pedersen, Rikke (DEN) Efimova, Yulia (RUS)
    200m medley feminino Hosszu, Katinka (HUN) O’Connor, Siobhan-Marie (GBR) Teramura, Miho (JPN)
    400m medley feminino Hosszu, Katinka (HUN) Belmonte, Mireia (ESP) Miley, Hannah (GBR)
    4x100m livre feminino Holanda (NED) Austrália (AUS) Estados Unidos (USA)
    4x200m livre feminino Estados Unidos (USA) Itália (ITA) Suécia (SWE)
    4x100m medley feminino Austrália (AUS) Estados Unidos (USA) Dinamarca (DEN)
    10.000m feminino Sharon van Rouwendaal (NED) Rachele Bruni (ITA) Samantha Arévalo (ECU)
    50m livre masculino Manaudou, Florent (FRA) Tandy, Brad (RSA) Morozov, Vladimir (RUS)
    100m livre masculino McEvoy, Cameron (AUS) Stravius, Jeremy (FRA) Mignon, Clement (FRA)
    200m livre masculino Park, Tae Hwan (KOR) Guy, James (GBR) Hagino, Kosuke (JPN)
    400m livre masculino Horton, Mack (AUS) Park, Tae Hwan (KOR) Detti, Gabriele (ITA)
    1500m livre masculino Paltrinieri, Gregorio (ITA) Detti, Gabriele (ITA) Christiansen, Henrik (NOR)
    100m borboleta masculino le Clos, Chad (RSA) Cseh, Laszlo (HUN) Czerniak, Konrad (POL)
    200m borboleta masculino Cseh, Laszlo (HUN) le Clos, Chad (RSA) Kenderesi, Tamas (HUN)
    100m costas masculino Larkin, Mitch (AUS) Lacourt, Camille (FRA) Reid, Christopher (RSA)
    200m costas masculino Larkin, Mitch (AUS) Rylov, Evgeny (RUS) Irie, Ryosuke (JPN)
    100m peito masculino van der Burgh, Cameron (RSA) Peaty, Adam (GBR) Franca Silva, Felipe (BRA)
    200m peito masculino Koch, Marco (GER) Koseki, Yasuhiro (JPN) Balandin, Dmitriy (KAZ)
    200m medley masculino Hagino, Kosuke (JPN) Phelps, Michael (USA) Pereira, Thiago (BRA)
    400m medley masculino Hagino, Kosuke (JPN) Seto, Daiya (JPN) Turrini, Federico (ITA)
    4x100m livre masculino França (FRA) Austrália (AUS) Russia (RUS)
    4x200m livre masculino Austrália (AUS) Estados Unidos (USA) Grã-Bretanha (GBR)
    4x100m medley masculino Austrália (AUS) Estados Unidos (USA) França (FRA)
    10.000m masculino Spyridon Gianniotis (GRE) Oussama Mellouli (TUN) Chad Ho (RSA)

  2. Polemico, vc falou tudo.

    Revisando essas apostas novamente, me parece que foi um jogo de brincadeira para ver quem eh o mais patriota.

    • Caro swammer,

      Não sei se você chegou a revisar as apostas com atenção. Mais da metade dos apostadores (cinco de oito) apostou em apenas uma ou duas medalhas para o Brasil na piscina. Como isso configuraria em “jogo de brincadeira para ver quem é o mais patriota?”

  3. Swammer,

    Marcelo nadou o seu melhor tempo no Maria Lenk 2016, e desde de meados de Fevereiro tem tido a campanha mais regular de sua carreira.

    Faça a sua pesquisa e se informe antes de vir falar besteira aqui escondido atrás de um pseudonimo.

  4. Coach, ta de brincadeira neh?
    50L e 100 peito da pra engolir
    Mas 100 livre com o Marcelo. Ok, ele esta nadando bem, mas ele nem igualou o tempo dele de 3 anos atras que mesmo assim nem daria final na ultima olimpiada.
    4×100 nao da. Ganhar dos EUA, como? A matematica nao bate. Nao da pra ganhar da Franca, EUA, Australia e Russia. A matematica nao bate. Seria sonhar que de repente todos iriam abaixar .50, qdo nenhum deles tem nadado o seu melhor tempo ultimamente.
    200 medley. Como o Thiago vai ganhar do RL? Mesmo se ele conseguisse o imaginavel de virar junto no peito (o que eh impossivel), ele morreria no crawl.
    Vamos ser menos patriota.

    • Caro swammer,

      Por que diz que é impossível o Thiago virar junto do Lochte no peito? Apenas para refrescar a memória, Thiago virou o peito na frente do Lochte no último Mundial, em Kazan.

      Também não entendi quando disse que “nenhum deles tem nadado o seu melhor tempo ultimamente”, se referindo ao 4x100m livre. João de Lucca e Gabriel Santos fizeram suas melhores marcas no Maria Lenk desse ano, e Nicolas fez seu melhor tempo sem trajes tecnológicos.

      Respeito sua opinião e você teria bom argumentos para sustenta-la, mas com informações erradas fica difícil.

  5. Vocês só podem estar de brincadeira né??

    Como especialistas, vocês sabem que teremos grandes chances de não ganharmos nenhuma medalha na natação nesta olimpíada. Pelos resultados mundiais e pelo desempenho dos brasileiros até agora, o mais provavél é que vamos passar em branco, em casa.

    O nível da seleção melhorou, vamos sim fazer um numero maior de finais, mas temos pouqíssimas chances de medalha..

    Eu sei que vocês, como comentariastas de tv, tem que vender o evento.. temos essa cultura de pescar a audiência por pseudo chances de brasileiros.. mas ta demais..Colocar Etiene e Chierighini como candidatos reais ao podio é o fim da picada.. 4×100 então, nem se fala.. Sabemos que não podemos confiar na performance de Nicolas e Matheus Santana. Os dois ja provaram que não aguentam pressão.. Felipe França vem muito bem, de fato. Mas Esperar que ele faça frente a Adam Peaty e aos Estadunidenses, é demais.

    Podemos nos dar por satisfeitos de ve-los disputando as finais.. O único que tem uma real chance de podio é o Fratus.. E mesmo assim, seus últimos resultados não passam confiança.. O Thiago,se tivesse mantido o 400 Medley em seu cartel de provas, teria sim uma chance.. Nos 200 vai sofrer pra ficar entre os 4..

    Eu gostaria muito que fosse diferente.. E espero que eu queime a lingua.. Mas não é o que parece!

    Precisamos ser realistas..

  6. Fabiola ousada haha. Por isso amo ela. Mas Etiene no pódio acho um pouco surreal. Acho que se for finalista já será um grande feito. E nós 100 peito um empate é um lance muito arriscado, mas tanto o João quanto o Felipe tem chances de pódio.

Deixe uma resposta