Fim de semana tem o início da Seletiva Americana, o USA Olympic Trials, reunindo 1.800 nadadores na cidade de Omaha, Nebraska e o Sette Colli em andamento na Itália até amanhã, porém temos definições e alguns torneios “última chance” na busca dos desejados índices para o Rio 2016.

Começam as definições das equipes para o Rio 2016.
El Salvador anunciou seus dois nadadores para a Olimpíada com Marcelo Acosta e Rebeca Quinteros, os dois fazendo suas estréias em Jogos Olímpicos. Marcelo entra como o primeiro nadador do país a conquistar a marca A alcançada na prova dos 1500 metros nado livre, enquanto que Rebeca Quinteros entra pela Universalidade.

O Paquistão vai ter duas vagas, as duas por Universalidade e os nomes foram anunciados: Lianna Swan e Haris Bandey. Ambos estiveram no Mundial de Kazan no ano passado.

A Irlanda vai ter três nadadores no Rio, todos com marca A e já confirmados pelo Comitê Olímpico Irlandês: Fiona Doyle, Shane Ryan e Nicholas Quinn. Shane Ryan é americano, mas naturalizou-se irlandês e se mudou para o país no ano passado. Fez a sua estreia pelo novo país no último Europeu no mês passado em Londres.

A Espanha completou a sua equipe para o Rio com 23 nadadores incluindo os irmãos Miguel e Bruno Ortiz, nascidos no Japão, filhos de pai espanhol e mãe brasileira. Os dois treinam no Club Wolverine nos Estados Unidos depois de se formarem na Universidade de Michigan. Veja a equipe completa:

Masculino (13)
Márkel Alberdi
Antonio Arroyo
Miguel Durán
Hugo González
Aitor Martínez
Víctor M. Martín
Bruno Ortiz-Cañavate
Miguel Ortiz-Cañavate
Carlos Peralta
Albert Puig
Joan Luìs Pons
Marc Sánchez
Eduardo Solaeche

Feminino (10)
Mireia Belmonte
Patricia Castro
Melani Costa
Duane Da Rocha
Fatima Gallardo
Marta González
Judith Ignacio
Jessica Vall
María Vilas
África Zamorano

Ainda não terminou a briga de Tae Hwan Park para estar no Rio 2016. Segundo seu advogado, uma decisão final do CAS/TAS sai no dia 5 de julho. O nadador segue treinando a espera de uma reviravolta no banimento adicional de três anos imposto pelo Comitê Olímpico da Coreia do Sul. Park vai competir na Austrália, dias 1o e 2 de julho, participará do Grand Prix da Swimming Austrália em Brisbane reunindo toda a Seleção Australiana.

Terminou ontem em Savu, nas Ilhas Fiji, as provas de piscina do Campeonato de Natação da Oceania disputado no Damodar Aquatic Centre. Reunindo as seleções da região e mais as equipes B da Austrália e Nova Zelândia que dominaram o evento. Amanhã acontece a prova dos 5 quilômetros de águas abertas na Uprising Beach Resort no Pacific Harbour fechando o evento.

Vencedores do segundo, terceiro e quarto dia do Campeonato da Oceania:
400 medley feminino – Acacia Wildin Snedden da Austrália 4:49.84
400 medley masculino – Andrew Trembath da Nova Zelândia 4:32.82
50 costas feminino – Gabrielle Fa’amausili da Nova Zelândia 29.19
50 costas masculino – Zac Incerti da Austrália 25.91
100 livre feminino – Helena Gasson da Nova Zelândia 56.49
100 livre masculino – Daniel Hunter da Austrália 49.49
100 peito feminino – Bronagh Ryan da Nova Zelândia 1:11.71
100 peito masculino – Jacob Garrod da Nova Zelândia 1:03.31
Revezamento 4×50 medley misto – Nova Zelândia 1:48.65
Revezamento 4×200 livre feminino – Nova Zelândia 8:17.78
Revezamento 4×200 livre masculino – Austrália 7:27.19
50 peito feminino – Bronagh Ryan da Nova Zelândia 33.52
50 peito masculino – Beji Schulte de Guam 29.26
400 livre feminino – Acacia Wildin-Snedden 4:22.69
400 livre masculino – Wesley Robert das Ilhas Cook 4:06.72
100 borboleta feminino – Helena Gasson da Nova Zelândia 59.91
100 borboleta masculino – Cameron Jones da Austrália 53.69
200 costas feminino – Annabelle Paterson da Nova Zelândia 2:16.68
200 costas masculino – Corneille Coetzee da Nova Zelândia 2:03.62
Revezamento 4×100 livre feminino – Austrália 3:48.73
Revezamento 4×100 livre masculino – Austrália 3:20.25
Revezamento 4×100 livre misto – Nova Zelândia 3:36.62
800 livre feminino – Monique King da Nova Zelândia 8:53.54
200 medley masculino – Wilrich Coetzee da Nova Zelândia 2:05.51
200 medley féminino – Helena Gasson da Nova Zelândia 2:16.95
50 livre masculino – Daniel Hunter da Nova Zelândia 22.49
50 livre feminino – Gabrielle Fa’amausili da Nova Zelândia 25.60
200 peito masculino – Zac Stubblety Cook da Austrália 2:16.69
200 peito feminino – Bec Cross da Austrália 2:34.83
Revezamento 4×100 medley masculino – Austrália 3:42.67
Revezamento 4×100 medley feminino – Nova Zelândia 4:10.88

Em Bahamas, nadadores do mundo inteiro tentam suas últimas cartadas em busca das vagas para o Rio 2016 na disputa do Campeonato Nacional de Bahamas em Nassau.

Alguns resultados em destaque na busca dos índices olímpicos que aconteceram quinta e sexta-feira:
800 livre feminino –
Joanna Evans de Bahamas 8:32.19 marca A FINA
Valeria Gruest da Guatemala 8:33.28 marca A FINA

200 peito masculino –
Carlos Claverie da Venezuela 2:12.89 (já tem marca A)

100 borboleta feminino –
Isabella Paez da Venezuela 59.68 marca B FINA

100 borboleta masculino –
Dylan Carter de Trinidad & Tobago 53.05 marca B FINA

200 livre feminino –
Joanna Evans de Bahamas 2:01.62 marca B FINA
Andreina Pinto da Venezuela 2:00.64 marca B FINA

200 livre masculino –
Cristian Quintero da Venezuela 1:48.50 marca B FINA
Benjamin Hockin do Paraguai 1:51.42

100 costas masculino –
Timothy Winter da Jamaica 56.45

O Comitê Olímpico da Suécia anunciou a inclusão da velocista Therese Alshammar na equipe que vai ao Rio 2016 pela marca obtida no Mare Nostrum de Canet com 24.75 nos 50 metros nado livre. A marca ficou a quatro centésimos do índice exigido pela Federação Sueca, mas numa reunião da diretoria foi aberta a oportunidade para a veterana nadadora de 38 anos de idade participar da sua sexta Olimpíada.

Com isso, Therese Alshammar vai igualar os nadadores turco Derya Büyükuncu e o sueco Lars Froelander que competiram em seis Jogos Olímpicos completados em Londres 2012. Ontem, Alshammar nadou os 50 livre no Troféu Sette Colli na Itália ficando na segunda colocação repetindo os mesmos 24.75.

Equipe de natação da Suécia agora vai ter para o Rio 2016:Sarah Sjostrom, Jennie Johansson, Simon Sjödin, Erik Persson, Sophie Hansson, Ida Marko Varga, Louise Hansson, Ida Lindborg, Stina Gardell, e Michelle Coleman. No total, entre todos esportes, a Suécia vai ter 140 atletas no Rio 2016.

 

2 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *