Começou a seletiva australiana, três finais disputadas, todas com dois (ou mais) nadadores com índices garantiram os seis primeiros nomes para o Rio 2016. O melhor resultado do dia foram os 400 metros nado livre de Mack Horton fazendo 3:41.65, o melhor tempo do ano e segundo melhor tempo da história na natação australiana.

A competição está em andamento em Adelaide e tem transmissão ao vivo pela internet, tanto nas eliminatórias como nas finais.

400 medley masculino –
1o Thomas Fraser Holems 4:11.09
2o Travis Mahoney 4:14.98

400 livre masculino –
1o Mack Horton 3:41.65
2o David McKeon 3:45.62

400 medley feminino –
1o Blair Evans 4:35.26
2o Kery McMaster 4:37.94

Nas semifinais, Emma McKeon foi o melhor tempo nos 100 borboleta com 57.13, sua melhor marca pessoal, e nos 100 peito masculino, Jake Packard nadou duas vezes, nas eliminatórias e na semifinal para 59.6.

DEL_5296-1

Link para os resultados completos:
http://liveresults.swimming.org.au/SAL/2016OPEN/

No Japão, em Tóquio, no quarto dos sete dias de seletiva, tivemos três finais, todas femininas. A grande surpresa foi ver a vice campeã mundial dos 200 medley, recordista nacional japonesa Kanako Watanabe terminando em terceiro lugar e não se classificando para o Rio 2016. Seu recorde nacional 2:08.45 não foi nem ameaçado e ela nadou para 2:10.93.

Nas semifinais dos 200 peito masculino, um tríplice empate na sétima posição entre Ryo Tateishi, Mamoru Mouri e Rintarou Ohkubo com 2:10.77. No desempate por um lugar nesta forte final, vitória de Mouri com 2:10.18, o único a baixar sua marca.

100 costas feminino –
1o Natsumi Sakai 1:00.12
2o Miyuki Takemura 1:00.18

200 borboleta feminino –
1o Natsumi Hoshi 2:06.32
2o Suzuka Hasegawa 2:06.92

200 medley feminino –
1o Miho Teramura 2:09.87
2o Runa Imai 2:10.76

Nas semifinais dos 100 livre masculino dois atletas na casa dos 48 para a final. O mlehor Katsumi Nakamura com 48.53. Nos 100 livre feminino, foram três na casa dos 54 segundos, com Miki Uchida fazendo seu melhor 54.20. Nos 200 borboleta masculino , Daiya Seto entrou com o melhor tempo 1:55.00 e nos 200 peito masculino, Ippei Watanabe foi o melhor tanto nas eliminatórias (2:08.83) como na semifinal (2;09.46). Kosuke Kitajima entrou com o terceiro tempo de 2:10.16.

Link para os resultados completos:
http://swim.seiko.co.jp/en/2016/S70701/eng_index.htm

Sexto dia da seletiva chinesa em Foshan, a grande surpresa foi a ausência do velocista Zetao Ning, campeão mundial dos 100 livre que havia feito 47.96 nas eliminatórias, mas saiu da final indicando um mal estar.

Provas finais do dia
200 borboleta feminino –
1o Zhou Yilin 2:06.56
2o Zhang Yufei 2:07.13
100 livre masculino –
1o Yu Hexin 48.47
2o Lin Yongqing 48.96
200 peito masculino –
1o Mao Feilian 2:09.92
2o Li Xiang 2:11.01

12974287_10154001396339854_3641245870810343391_n

No Canadá, em Toronto, na piscina que recebeu os Jogos Pan Americanos no ano passado, terceiro dia de seletiva, mais recordes e mais gente classificada.

Nos 200 livre feminino, Brittany Maclean que já havia ganho os 400 livre com recorde nacional, agora levou os 200 livre também quebrando o recorde canadense nadando para 1:56.94 derrubando uma marca da era dos trajes, 1:56.97de Genevieve Samur desde 2009.

Revezamento canadense vai ter Penny Oleksiak 1:57.59, Katerine Savard 1:58.19 e Kennedy Goss 1:58.26. Até a jovem Taylor Ruck, de 15 anos, quinta colocada com 1:58.67 nadou abaixo do índice olímpico.

200 livre feminino –
Brittany Maclean 1:56.94
2o Penny Oleksiak 1:57.59
400 livre masculino –
1o Ryan Cochrane 3:48.54
100 peito femiinino –
1o Kierra Smith 1:06.93
2o Rachel Nicol 1:07.10
200 peito masculino
1o Ashton Baumann 2:10.69

Canadá para o Rio 2016 após três dias de disputa: (12 nadadores)
Brittany Maclean, 200 e 400 livre
Penny Oleksiak, 100 borboleta e 200 livre
Noemie Thomas, 100 borboleta
Kylie Masse, 100 costas
Dominique Bouchard, 100 costas
Javier Acevedo, 100 costas
Sydney Pickrem, 400 medley
Emily Overholt, 400 medley
Ryan Cochrane, 400 livre
Kierra Smith, 100 peito
Rachel Nicol, 100 peito
Ashton Baumann, 200 peito

Link para os resultados completos:
http://results.swimming.ca/2016_Olympic_Trials/

Nas séries B, a presença dos estrangeiros e alguns resultados em destaque:
400 livre masculino – Matt Hitchins da Nova Zelândia fez o índice A tanto nas eliminatórias com 3:49.84 como na final 3:50.12.
200 peito masculino – Belas marcas de Josh Prenot com 2:08.58 nas eliminatórias e 2:08.84 na final.

Na disputa da Eindhoven Cup, na Holanda, alguns destaques.

100 costas feminino – Kira Toussaint da Holanda 1:00.25, índice olímpico
100 borboleta feminino – Elinore de Jong da Holanda 59.92
100 peito masculino – Caba Siladj da Sérvia 1:00.7
200 costas masculino – Christian Diener da Alemanha 2:01.53

Nas semifinais, nos 100 livre masculino, Sebastian Verschuren da Holanda fez o melhor tempo com 48.65. O surinamês Renzo Tjon a Joe passou para a final com 49.29, novo recorde nacional de seu país quebrando os 49.47 do Pan no ano passado, mas ainda sem o índice olímpico de 48.99. Nos 200 livre feminino, Femke Heemskerk da Holanda passou com o melhor tempo 1:56.61.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *