Começou a seletiva canadense com resultados muito fortes no feminino e muito fracos no masculino. Ao final do primeiro dia de competição em Toronto, na mesma piscina que sediou os Jogos Pan Americanos do ano passado, três nadadoras garantiram suas vagas.

Dois novos recordes nacionais batidos. Brittany Maclean nadou os 400 livre para 4:03.84 baixando sua própria marca de 4:05.06 de 2012. A marca é o segundo tempo do mundo este ano. Lesionada no ano passado, teve um ano praticamente sem competir.

Outro grande resultado veio nos 100 borboleta onde três nadadoras nadaram abaixo do índice olímpico, mas todas as glórias para a campeã, a jovem Penny Oleksiak de apenas 15 anos de idade em novo recorde canadense com 56.99 superando a marca anterior de 57.27 de Katerine Savard. A segunda vaga ficou com Noemie Thomas com 57.02 enquanto que Savard, além de perder o recorde ficou de fora terminando em terceiro com 57.75.

Vencedores sem índices:
400 medley masculino – Luke Reilly 4:17.14 (4:16.71)
100 peito masculino – Jason Block 1:00.59 (1:00.57)
200 livre masculino – Markus Thormeyer 1:48.17 (1:47.97)

Canadá para o Rio 2016:
Brittany Maclean, 400 livre
Penny Oleksiak, 100 borboleta
Noemie Thomas, 100 borboleta

Link para todos os resultados:
http://results.swimming.ca/2016_Olympic_Trials/

Terceiro dia de seletiva em Foshan, na China, índices em todas as provas disputadas. Veja abaixo os resultados:

100 costas feminino –
1o Wang Xueer 59.82
2o Chen Jie 59.90 (na semifinal 59.55)
Fu Yanhui campeã mundial dos 50 costas terminou em 8o com 1:02.13

100 peito feminino –
1o Shi Jinglin 1:06.29
2o Zhang Xinyu 1:07.35

100 costas masculino –
1o Xu Jiayu 53.38
2o Li Guangyun 54.32

200 livre masculino –
1o Wang Shun 1:47.28
20 Shang Keyuan 1:47.94

No Japão, Kosuke Kitajima ainda não está garantido para a sua quinta Olimpíada. Embora tenha feito os 59.62 nas semifinais, acabou perdendo a final 59.93 para Yasuhiro Koseki 59.66. Nos critérios do Japão, apenas os tempos da final contam, e o índice exigido pelos japoneses é 59.63. Ou seja, neste momento, o Japão não tem nenhum nadador classificado para nadar os 100 peito no Rio 2016. A chance será entrar com o revezamento e aí ficaria a dúvida se convocar o melhor tempo (Kitajima) ou o vencedor da final (Koseki), tendência para o vencedor da final.

Kosuke Kitajima ainda nada os 200 peito nesta quinta-feira e espera garantir a vaga.

Na outra final do segundo dia de seletiva no Japão, Rikako Ikee venceu com 57.71 depois de quebrar o recorde nacional nas semifinais com 57.55. Natsumi Hoshi, bronze em Londres 2012 nos 200 borboleta, ficou em segundo com 58.60.

A destacar nas semifinais, o melhor tempo dos 200 lvire com Kosuke Hagino 1:46.28 e Ryosuke Irie nos 100 costas com 53.31, quarto tempo do mundo este ano. Foram três nadadores na casa dos 53 segundos nos 100 costas. Nos 100 peito feminino, a campeã mundial dos 200 peito, Kanaka Watanabe foi o melhor das semfiinais com 1:07.03.

Link para os resultados completos:
http://swim.seiko.co.jp/en/2016/S70701/eng_index.htm

Começa hoje, em Eindhoven, a seletiva nacional holandesa e que será disputada em horários semelhantes a disputa dos Jogos Olímpicos no Rio.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *