Tivemos cinco unanimidades na votação do Painel de Especialistas na edição 2015 do Troféu Best Swimming. Uma delas, foi aqui. Etiene Medeiros, nadadora do SESI-SP, teve todos os 30 votos computados em seu favor.

etiene_ouro_f

Foi uma temporada e tanto para Etiene, por sinal, a segunda consecutiva e vencendo o Troféu Best Swimming pela segunda vez. Foi um ano de se tornar a primeira mulher campeã panamericana ao vencer os 100 costas no Pan de Toronto. Foi o ano de romper a barreira dos 100 costas, coisa que fez três vezes, duas em Toronto e mais um no Mundial de Kazan.

Ainda se tornou na primeira mulher brasileira medalhista em Mundiais de Longa com a prata dos 50 costas em Kazan.

Etiene também termina absoluta como a nadadora que mais acumula recordes sul-americanos, quatro em piscina longa (50 e 100 livre, 50 e 100 costas) e mais três em piscina curta (50 livre, 50 e 100 costas).

Manuella Lyrio e Joanna Maranhão também tiveram um ano muito bom, mas mesmo nominadas não receberam nenhum voto do Painel.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *