Começou ontem em Seattle, Estado de Washington, o Campeonato Americano de Inverno, normalmente em piscina curta (jardas), mas em ano de véspera de Olimpíadas, tudo é na longa. Michael Phelps chegou ao seu 60o título nacional americano o 11o nos 200 medley. Veja como foi prova a prova.

400 livre feminino –
Cinco primeiras colocadas abaixo dos 4:10, vitória de Allison Scmitt com 4:06.88 depois de passar com 2:02.09. Haley Anderson, americana classificada para o Rio 2016 nas águas abertas, ficou em segundo com 4:08.38 e Sarah Henry em terceiro com 4:08.86.
A venezuelana Andreina Pinto, recordista sul-americana da prova, venceu a final B com 4:11.07.

400 livre masculino –
Conor Dwyer fácil, como havia sido no Arena Pro Swim Series de Minnesotta. Venceu com 3:48.11 passando com 1:53.02 e voltando com 1:55.09. O canadense Ryan Cochrane em segundo com 3:50.15 e Michael McBroom em terceiro com 3:50.50.
Os australianos Jordan Harrison e Grant Hackett que estavam treinando com Michael Phelps sob o comando de Bob Bowman nadaram a prova com resultados bem distantes dos seus melhores. Harrison ficou em quinto com 3:51.99 e Hackett ainda pior, em 13o lugar com 3:55.88.

200 medley feminino –
Boa disputa e decidida no final. Vitória de Maya Dirado com 2:11.10 sobre Caitlin Leverenz 2:11.70 e Kathleen Baker em terceiro 2:12.13.

200 medley masculino –

12310058_10153726137941069_4642671517369623474_o
De ponta a ponta, Michael Phelps nem foi ameaçado para vencer com 1:57.61 nos parciais de 25.44, 29.24, 34.53 e 28.40. Seu companheiro de treino, Chase Kalisz em segundo com 1:58.77 e o espanhol Eduardo Solaeche em terceiro com 2:00.14.

50 livre feminino –
Duas primeiras colocadas abaixo dos 25 segundos e apenas três centésimos na diferença entre elas. Simone Manuel venceu com 24.83 e Abbey Weitzeil em segundo 24.86. A egípcia Farida Osman ficou em terceiro com 25.22.

50 livre masculino –

12314519_10153726139361069_1429034630507236330_o
Nathan Adrian vive uma boa fase. Venceu com 21.76 com o sul-africano Brad Tandy também quebrando a barreira dos 22 segundos com 21.87. Foi a primeira vez que Tandy nadou abaixo dos 22. Tandy esteve no Brasil em setembro disputando o Raia Rápida pela África do Sul. O terceiro lugar na prova foi o canadense Santo Condorelli com 22.04.
O russo Vladimir Morozov deu uma bobeada e caiu na B, mas venceu com 21.86, teria sido prata.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *