Parece zica, ou virou tradição, mas o tal do desempate no Campeonato Mundial Júnior tem sido uma constante para a natação brasileira.

Acontece desde 2006, na edição inaugural do Mundial quando foi realizado na piscina do Julio de Lamare no Rio de Janeiro. Para abrir o Mundial, o Brasil teve dois desempates. Desde então, são seis empates envolvendo nadadores brasileiros. Só não tivemos empate no Mundial de 2008 em Monterrey.

Veja a lista dos desempates do Brasil no Mundial Júnior:

2006 – Rio
50 livre masculino – Dois brasileiros empataram, Rodrigo Silva e Marcelo Monteiro empataram na 16a colocação dos 50 livre nas eliminatórias com 24.60. Para saber quem passava a semifinal, Marcelo venceu com 24.53 contra 24.55 de Rodrigo. Na prova, Marcelo terminou em 16o lugar com 24.45.

200 borboleta masculino – Fred Veloso Castro empatou com o argentino Andres Gonzalez em oitavo lugar nas eliminatórias com 2:05.44. Na disputa pela vaga, Andres venceu com 2:04.97 contra 2:04.99 de Fred. Andres terminaria em sexto lugar com 2:05.28.

2011 – Lima
50 livre masculino – Empate na 17a colocação e o desempate apenas para saber quem seria o primeiro reserva. O brasileiro Gabriel da Rosa empatou com o russo Nikita Kitanev com 23.68. No desempate, melhor para Gabriel com 23.27 contra 23.48 do russo. Nenhum dos dois foi chamado para nadar a prova.

100 livre masculino – Arthur Mendes empatou na oitava colocação com Uvis Kalnins da Lituânia com 51.14. No desempate, melhor para o lituano com 51.17 contra 51.37 de Arthur. Na final, Kalnins terminou em quinto lugar com 51.49.

2013 – Dubai
50 livre masculino – Gabriel Ocampo e o canadense Yuri Kisiil empataram na oitava posição na semifinal da prova com 22.81. Na semifinal, Ocampo venceu fácil 22.66 contra 23.06 do canadense. Na final, o brasileiro melhorou ainda mais, 22.48 terminando na quarta colocação.

2015 – Singapura
50 borboleta masculino – Primeiro empate triplo do Brasil em Mundiais Júniors. O brasileiro Vinicius Lanza, o polonês Pawel Sendyk e o australiano Brayden McCarthy empataram com 24.38. Mesmo saindo atrás, Lanza tomou a frente na parte nadada para vencer com 24.06, Sendyk chegou em segundo com 24.39 e McCarthy com 24.41.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *