Papo de Olímpico: Previsões Kazan 2015

4
1898
FABIOLA MOLINA

Eu decidi fazer uma previsão das provas que serão disputadas a partir deste domingo. Além de colocar os três primeiros, também comento sobre a prova e também destaco a posição dos atletas brasileiros. Quero deixar claro que essa é uma opinião técnica. Pois estarei torcendo muito para que o Brasil faça o melhor!

1º Dia

100 Borboleta Feminina
1- Sarah Sjostrom – SWE
2- Madeline Groves – AUS
3- Inge Dekker – NED

briga dura pelas medalhas de prata e bronze com 12 atletas na casa dos 57”
Daynara com o 21º tempo chegará a semifinal

400 Livre Masculino
1- Sun Yang – CHI
2- Mack Horton – AUS
3- James Guy – GBR

Vai ser uma prova interessante e um tanto quanto controversa. Será um duelo do campeão olímpico que está sofrendo com as dúvidas sobre sua conduta depois do seu controverso caso de antidoping, contra o jovem australiano. Apostarei no chinês que quer provar que ainda está no topo.
Léo com o 22º usará essa prova para quebrar o gelo na competição. Como não tem semifinal, somente os 8 primeiros classifica. As chances de Léo são mínimas de fazer uma final.

200 IM Feminino
1- Siobhan O’Connor – GBR
2- Katinka Hosszu – HUN
3- Ye Shiwen

Treinei com a britânica em Bath e sei da capacidade dela. Acredito que a jovem irá desbancar a favorita Katinka. Logo no primeiro dia vamos ver cenas do técnico da Húngara jogando papel, fazendo cenas, e xingando um monte. No entanto não descartaria a chinesa.
Joanna Maranhão esta em 13º e acredito que ela irá para a final raspando em 8º.

50 Borboleta Masculino
1- Nicholas Santos – BRA
2- Cesar Cielo – BRA
3- Florent Manaudou – FRA

Nicholas irá para o mundial para nadar uma prova, os 50 borboleta. Enquanto seus oponentes estão mais focados na prova olímpica dos 50 livre, Nicholas poderá usufruir disso. Mais focado, se ele nadar a final mais tranquilo do que em Barcelona levará o ouro. Já o confronto entre Cielo e Manaudou, ficarei com o Cielo, que chegando na frente do francês crescerá e muito ao longo da competição.

400 Livre Feminino
1- Katie Ledecky – USA
2- Jaz Carlin – GBR
3- Cierra Runge – USA

Sem trabalho algum, a americana Ledecky levará o primeiro ouro para os Estados Unidos. Seguido da britânica com a prata e a segunda americana com o bronze. Essa geração de fundistas americanos está com tudo. Já mostraram isso nas águas abertas e acredito que continuará provando seu desempenho na piscina.
Manu Lyrio com o 24º tempo talvez conseguirá entrar no top 20.

100 Peito Masculino
1- Adam Peaty – GBR
2- Cameron VDB – RSA
3- Felipe França – BRA

Depois do mundial no Qatar Adam Peaty melhorou e muito todos seus fundamentos, principalmente a sua saída. Todas as vezes que o vi nadar seu tempo de reação é menor que 0.60 seg. Acredito que se ele não quebrar o recorde mundial chegará bem perto. A briga da prata ficará entre o campeão olímpico e o campeão de curta. França e Cameron farão um duelo de titãs. Difícil prever, mas Cameron acredito levará uma leve vantagem levando a prata.
São 13 atletas abaixo de um minuto. Acredito que Felipe Lima conseguirá classificar para a final terminando essa prova em 5º lugar.

4×100 Livre Feminino
1º – AUS
2º – NED
3º – USA

O time da Austrália com a força das irmãs Campbell, ganharão o ouro com recorde mundial. Seguido das holandesas e logo as americanas.
As meninas do Brasil conseguirão classificar esse revezamento para a final classificando o Brasil para os jogos Olímpicos.

4×100 Livre Masculino
1º – RUS
2º – FRA
3º – USA

Estou apostando nos donos da casa. Afinal, nadar em casa sempre dá uma vontade a mais, por isso os Russos irão conquistar esse ouro terminando o dia com o pé direito. Seguido pela França e pelos Estados Unidos.
O Brasil irá classificar para a grande final. Terminará em 7º lugar.

DIA 2

100 Costas Feminino
1º – Emiliy Seeboum – AUS
2º – Mie Oe Nielsen – DEN
3º – Missy Franklin – USA

Prova bem apertada para a Australiana. Aposto na jovem dinamarquesa conquistando a prata e na primeira medalha individual de Missy.
Etiene continuará sua jornada de excelente resultados e ficará com o 5º lugar atrás da australiana Madison Wilson e na frente de Katinka que tem grande chances de abandonar essa prova.

100 Costas Masculino
1º – Jiayu XU – CHI
2º – Matt Grevers – USA
3º – Irie Ryosuke – JPN

Acredito que o jovem Chinês irá surpreender o campeão olímpico Grevers. O japonês com toda a sua experiência chegará em terceiro.
Guido nadará para seu melhor tempo ficando com o 4º lugar e com grandes esperanças para os Jogos no Rio.

100 Peito Feminino
1º – Yulilya Efimova
2º – Ruta Meilutyte
3º – Kanako Watanabe

Estou apostando alto colocando a russa na primeira colocação, porém acredito que assim como Sun, a russa vai vir com fome de leão e não respeitará Ruta. A japonesa Watanabe irá bater na frente por uma unha da dinamarquesa conquistando o bronze.

200m Livre Masculino
1º – Cameron Mcevoy – AUS
2º – Sun Yang – CHN
3º – Velimir Stjepanovic – SRB

Os 200 m livre é uma prova bem difícil de prever, principalmente os 8 primeiros. Na maioria das vezes muitos “coringas” entram nas finais arrancando uma medalha. Porém, arrisquei na vitória do Australiano se redimindo da perda do ouro no primeiro dia.
Acredito que João De Lucca, vai fazer um excelente mundial. Espero que ele consiga manter o alto nível apresentado no Pan. Sendo assim, De Lucca ficará em sexto. Já Nicolas Nilo se recuperando de uma lesão que afetou a sua preparação para o Mundial, com toda sua experiência conseguirá entrar na semifinal.

Dia 3

50m Peito Masculino
1º – Adam Peaty – GBR
2º – Felipe França – BRA
3º – Cameron VDB – RSA

Senão fosse a saída de Peaty que melhorou absurdamente depois do mundial de curta do ano passado, França levaria esse ouro para casa. Porém após ver uma melhora nos fundamentos minhas fichas vai para o britânico. Porém, ao contrario dos 100m França vai bater na frente do Cameron levando a prata.
Felipe Lima vai ter dificuldades para entrar na final. Uma prova muito apertada, mas acredito que Lima chegará na final. Palpite 7º lugar.

200m Livre Feminino
1º – Femke Heemskerk – NED
2º – Katie Ledecky – USA
3º – Emma Mckeon – AUS

Femke continuará sua melhor temporada até então com uma performance digna de uma campeã mundial. Minha aposta é Pellegrini fora do pódium com Ledecky e Mckeon ganhando prata e bronze.
A brasileira Larissa está em 19º, porém acredito que ela entrará na semi. Ela brigará de perto com sua companheira de seleção Manu Lyrio. Palpite Larissa 13º e Manu 17º.

200m Borboleta Masculino
1º – Chad Le Clos – RSA
2º – Daiya Seto – JPN
3º – Leonardo de Deus – BRA

Será uma prova emocionante principalmente para o Brasil. Acredito que Léo vai se superar e surpreender muita gente ganhando o bronze e chegando a 1’54. Essa prova ainda continuará nas mãos do campeão olímpico Chad ganhando na chegada olhando para o lado pois Seto que irá liderar boa parte da prova vai deixar o ouro escapar.

800m Livre Masculino
1º – Sun Yang – CHN
2º – Ryan Cochrane – CAN
3º – Gregorio Paltrinieri – ITA

Estou apostando na experiência para essa prova. O jovem italiano não será capaz de aguentar a pressão dos medalhistas olímpicos Sun e Ryan.

4º Dia

50m Costas Feminino
1º – Etiene Medeiros – BRA
2º – Fu Yuanhui – CHN
3º – Emily Seebohm – AUS

Essa será a prova que consolidará Etiene no cenário mundial. Ano passado foi a surpresa, mas em Kazan será a certeza. Etiene fará tudo certo desde a saída até a chegada, levando o primeiro ouro para a natação feminina. Aliás, Etiene está acostumada a fazer história. A porta voz da natação feminina continuará fazendo história.

100m Livre Masculino
1º- Nathan Adrian – USA
2º – Vladimir Morozov – RUS
3º – Cameron Mcevoy – AUS

Uma das provas mais esperadas desse mundial será difícil de prever alguma coisa. Os 100 livre ultimamente tem a tradição de ter um franco atirador ganhando. Os revezamentos no primeiro dia não será parâmetro. Lembro em Londres quando muitos fizeram tempos incríveis no 4×100, porem na prova individual afundaram, inclusive o favoritíssimo australiano. Ficarei com o campeão olímpico, que está devendo no cenário mundial a algum tempo. Creio que ele fará um tempo suficiente para ganhar a final, seguido por Morozov e Mcevoy.
Santana e Marcelão terão que nadar muito para entrar nessa final. Não será tão fácil quanto Barcelona. Acredito que os dois ficarão nas semis. Santana em 9º e Marcelão em 10º.

200m Borboleta Feminino
1º – Franziska Hentke – GER
2º – Madeline Groves – AUS
3º – Katie Mclaughlin – USA

Uma prova teoricamente entre duas atletas. Com a espanhola Belmonte fora do mundial, o espaço ficou aberto para a alemã levar o ouro seguindo da australiana Grovers e uma surpresa no bronze com a jovem de 18 anos dos Estados Unidos Mclaughlin.
Joanna está em 19º no start-list, porém acredito que ela classifica para a semifinal. Ficará em 14º.

200m Medley Masculino
1º- Thiago Pereira – BRA
2º – Ryan Lochte – USA
3º – Daiya Seto – JPN

Já estava cantando essa pedra a muito tempo. Depois do japonês, Hagino, favorito declarar que não iria disputar o mundial, não tive dúvidas. Thiago cansado no Pan nadou essa prova para 1’57”42. Já em Kazan focado 100% nessa prova, não vai ter pra ninguém. Se alguém pode desbancar o poderoso Lochte, esse alguém vai ser o Thiago. Uma medalha de ouro mais que merecida. Pra fechar essa prova aposto no Seto. Já o outro brasileiro, meu xará, Henrique Rodrigues, apesar de estar classificado em 3º no start list, acredito que ele ficará com uma honrada 5º posição.

4×100 Medley Mixto
1º – USA
2º – AUS
3º – BRA

Um revezamento difícil de prever, pois além de ser a primeira vez que essa prova será disputada no mundial de longa, não tenho certeza se os países irão levar a sério e colocar seus melhores nadadores atrás do bloco. Levando em consideração que todos irão nadar, coloco os Estados Unidos como favorito, porém a Austrália ficará bem próximo, vai depender muito da estratégia das equipes. Já o Brasil, a segunda menina que for nadar terá que se superar, somos fortes em três setores: Etienne, Peito (França/Lima), Marcelão fazendo sua parcial 47… assim conseguiríamos o bronze.

5º Dia

100m Livre Feminino
1º – Sarah Sjostrom – SWE
2º – Cate Campbell – AUS
3º – Femke Heemskerk – NED

No balizamento as três estão coladas, mas Sarah irá bater levemente na frente. Cate que normalmente nada forte sempre, irá sentir um cansaço na final perdendo o ouro. Já Femke irá assegurar seu bronze mantendo sua ótima competição.

200m Costas Masculino
1º – Ryan Murphy – USA
2º – Xu Jiayu – CHI
3º – Irie Ryosuke – JPN

Apostarei nos jovens dessa prova, além de apostar em Murphy. Esse excelente nadador irá repetir a performance de sua época universitária. Ryan será uma grata surpresa nessa competição. Outro jovem chinês Xu ficará com a prata. Seguindo do mais experiente Irie. Tyler ficará em 4º.
Sempre falei para o Léo que essa era a sua melhor prova, porém ele nunca treina costas, imagine se ele treinasse. enfim, Léo feliz com a medalha no borboleta nadará tranquilo e fará seu melhor tempo entrando na semifinal. Terminará em 14º.

200m Peito Feminino
1º – Yuliya Efimova – RUS
2º – Rikke Pedersen – DEN
3º – Rie Kaneto – JPN

Estou apostando forte na russa. Acredito que essa competição vai ser a consagração de seu retorno. Rilkke ficará com a prata e Rie com o bronze.

200m Peito Masculino
1º – Marco Koch – GER
2º – Daniel Gyurta – HUN
3º – Adam Peaty – GBR

Não estou muito certo da vitória de Koch, até porque ele ainda não mostrou confiança em eventos grandes como mundiais. Ao contrário do multi-campeão dessa prova o húngaro Gyurta. Mesmo assim, penso que esse será o momento esperado pelos alemães em ver seu nadador no lugar mais alto do pódio. Peta mantendo seu bom ritmo irá conseguir um bronze.
Simon vai continuar nadando bem, acredito que vai chegar bem próximo de uma final, para mim ele termina em 9º e França dependerá do desgaste das provas anteriores e o quanto ele quer poupar para tentar uma medalha no revezamento medley, portanto acredito que não vai nadar totalmente focado.

4×200 Livre Feminino
1º- USA
2º – ITA
3º – AUS

Os Estados Unidos vão levar fácil essa prova. Com a equipe formada por Ledecky e Franklin, a equipe americana não vai tomar conhecimento das adversárias. Em seguida aposto na Itália com a força de Pellegrini e em terceiro a Austrália.
O Brasil irá classificar para a final ficando em 8º.

6º Dia

50 Livre Masculino
1º- Florent Manaudou – FRA
2º- Bruno Fratus – BRA
3º – Cesar Cielo – BRA

Muito difícil de prever, mas tive que deixar minha vontade de lado e tentar ser objetivo. Gostaria que a dobradinha do brasil fosse no alto do pódio (claro que isso pode acontecer), porém penso que o francês está em uma fase parecida com a do Cielo a 4 anos atrás e levará o ouro. Frutas vem numa ascendente impressionante e um foco assustador. Tem tudo pra fazer o melhor tempo da sua vida. Já Cielo levará toda a sua experiência e conquistará o bronze. Penso q a diferença dos três será de menos de 0”05.

50 Borboleta Feminino
1º- Sara Sjostrom – SWE
2º- Fran Halsall – GBR
3º- Inge Dekker – NED

Uma prova fácil de prever e sem muita surpresa. Sarah levará o ouro tranquilamente com direito a recorde mundial. Seguida de Fran e Inge. Se por acaso Jeanette Ottesen da Dinamarca nadar ela levará a prata colocando a britânica em terceira.

100 Borboleta
1º- Chad Le Clos – RSA
2º- Konrad Czerniak – POL
3º- Tim Phillips – USA

Chad favorito para essa prova. Creio que Konrad levará a prata. O bronze será uma surpresa para o americano Tim batendo na frente do seu conterrâneo Shields.
Não creio que Thiago nadará essa prova. Arthur esta com a 23º posição, porém acredito que ele melhorara, porém não irá passar para as semis.

200 Costas Feminino
1º- Katinka Hosszu – HUN
2º- Daria Ustinova – RUS
3º- Elizabeth Simmonds – GBR

Katinka depois de levar umas broncas do seu marido/técnico dará a volta por cima e subirá no alto do pódio nessa prova. Seguida pela jovem russa de 16 anos. Bronze para a inglesa.
Se Joanna nadar essa prova, não creio em uma melhora do seu tempo do Pan. Ficará com o 22º.

800 Livre Feminino
1º- Katie Ledecky – USA
2º- Jaz Carlin – GBR
3º- Lauren Boyle – NZL

Fácil de prever que Ledecky irá ganhar essa prova. Ainda creio em um recorde mundial da americana. Seguida pela britânica e pela experiente neozelandesa Lauren.

4×200 Livre Masculino
1º- AUS
2º- USA
3º- RUS

Inspirada pela grande performance de McEvoy o time australiano irá disputar braçada a braçada com a equipe americana com Lochte e Dwyer. Rússia com o bronze.

7º Dia

50 Livre Feminino
1º- Sarah Sjostrom – SWE
2º- Cate Campbell – AUS
3º- Fran Halsall – GBR

Estou apostando na boa fase da sueca. Creio que essa vai ser a competição da vida dela, a menina de ouro desse mundial. Cate e Fran irão ficar com a prata e bronze respectivamente.
Etienne vai ficar ali, pertinho, de uma medalha. Acredito q ela ficará com o 6º lugar.

50 Costas Masculino
1º- Ben Treffers – AUS
2º- David Plummer – USA
3º- Jeremy Stravius – FRA

Penso que o russo Morozov não ficará nem no pódio, apesar de ele estar com o melhor tempo. Porém a prova de 50 é muito acirrada. Penso que o australiano Treffer levará essa prova seguida por Plummer o capelo panamericano e o francês Stravius.
Guido que melhorou muito seu 100 metros, perdeu um pouco daquela famosa explosão para os 50. Por isso coloco ele nas semis em 9º.

50 Peito Feminino
1º- Ruta Meilutyte – LTU
2º- Yuliya Efimova – RUS
3º- Alia Atkinson – JAM

Ruta não estará na sua melhor performance, porém ela ainda ganhará os 50 da russa. O bronze histórico para a Jamaicana que está quebrando barreiras no esporte.

1500 Livre Masculino
1º- Sun Yang – CHN
2º- Gregorio Paltrinieri – ITA
3º- Connor Jaeger – USA

O chinês fechará sua participação neste mundial com mais um ouro. Seguido do italiano e do americano.

4×100 Livre Misto
1º- AUS
2º- USA
3º- GER

A Austrália levará o ouro com folga, pois ninguém no mundo tem o quarteto misto com tal força no mundo. McEvoy e Campbell irão liderar o time australiano ao ouro com recorde mundial.
Brasil ficará em 5º.

400 Medley Masculino
1º- Daiya Seto – JPN
2º- Tyler Clary – USA
3º- Thiago Pereira – BRA

Seto vai ganhar o ouro para o Japão seguido do americano Clary. Thiago vai se superar e repetir o resultado de 2013.
Simon ficará entre os 16, acredito que ele ficará em 16º.

400 Medley Feminino
1º- Hannah Miley – GBR
2º- Ye Shiwen – CHN
3º- Katinka Hosszu – HUN

Miley irá levar o ouro perante a queridinha da Fina Hosszu e da chinesa Ye. Aliás a chinesa será uma incógnita podendo muito bem surpreender a todos levando até o ouro, porem apostarei na britânica. Hosszu ficara com o bronze.

4×100 Medley Feminino
1º- USA
2º- GBR
3º- CHN

Estados Unidos tem o melhor quarteto garantindo mais um ouro para a terra do tio Sam. Seguido pela Grã-Bretanha e China.
Acredito que as meninas irão sofrer nesse revezamento e a classificação para os Jogos vai ser bem difícil. O nosso peito fica bem atrás. Porém acredito em um 11º lugar será conquistado junto com ele a vaga para o Rio.

4×100 Medley Masculino
1º- GBR
2º- USA
3º- AUS

Apostando nessa nova “onda” britânica. O “team GB” irá levar o ouro nessa prova que historicamente é dominada pelos Estados Unidos a muitos anos.
Brasil vai fazer uma participação muito boa, porém o estilo borboleta ainda não está no nível dos demais, ficando assim em 5º.

4 Comentários

  1. Ótima Matéria !!!

    Gostaria de ver as previsões para Budapeste 2017, acredito (e torço muito) que Cielo possa voltar a ganhar uma medalha…

  2. Isto é uma previsão ou um espólio???…rsrs….Ou seria um testamento??? Tem que ser mais conciso, Henrique!!!

  3. Interessante esse post, Roberto. Hoje realmente foi um dia lamentavel pro Brasil. Em parte porque pessoas como o Joao, Guido e Etiene ja vem do seu principal foco ha 2 semanas. Mas realmente um dia ruim. Mesmo para o Nicolas, nao foi um tempo bom.
    Nao da pra imaginar que estaremos melhores no ano que vem do que em Londres.

  4. Estamos no segundo dia e aventuro-me a dizer que em um país de 220.000.000 ( duzentos e vinte milhões) de brasileiros que tem no seu melhor nadador, um atletaço de 35 anos e de uma prova não olímpica, essa modalidade está precisando ser passada a limpo. Uma tristeza a chegada do CIELO na prova de 50m borboleta.
    Se é para aventurar vou em mais uma:
    Sairemos com uma de ouro e da Marathona onde a modalidade estava em último lugar e hoje não precisa de ninguém do Brasil, fora os treinadores e as atletas, para nos abrir o sorriso.

Deixe uma resposta