Dos 35 nadadores que o Brasil levou para o Pan de Toronto, 17 deles fazem a estreia na competição continental. Esta “renovação” é mais forte entre as mulheres, afinal das 17 que estão em Toronto, 10 delas fazem o primeiro Pan. Entre os homens, são sete dos 18, uma proporção bem menor.

Se 17 são estreantes em Pan, o time do Brasil também tem a experiência de alguns veteranos, casos de Joanna Maranhão, Kaio Márcio e Thiago Pereira que estão completando quatro participações em Jogos Pan Americanos. A recordista da natação brasileira em participações na competição é Fabíola Molina que nadou cinco edições do torneio.

Nos estreantes do Pan, temos de tudo. Temos Gabriele Roncatto, a caçula do time com 16 anos que faz 17 um dia após a competição, estreando na seleção brasileira absoluta e já num Pan Americano. O mais jovem entre os homens estreantes em Pan é Brandonn Almeida que aos 18 anos, ganhou vaga para três competições internacionais. Além do Pan, o Mundial de Kazan e o Mundial Júnior de Singapura. Por opção técnica, Brandonn decidiu não participar do Mundial Absoluto e após Toronto se concentrar na preparação para Singapura.

O mais veterano dos estreantes em Jogos Pan Americanos é Thiago Simon, nadador do Corinthians, 25 anos, natural de Penápolis, interior de São Paulo, e que esteve em duas edições de Campeonatos Mundiais de Curta pela Seleção Principal além do Pan Pacífico e Campeonato Sul-Americano do ano passado.

O grupo ainda tem duas surpresas. Uma delas é Jhennifer Alves Conceição, nadadora do Flamengo, 18 anos de idade, natural de Friburgo e que ganhou vaga para a Seleção Brasileira Absoluta antes de chegar a Seleção Juvenil. Ela se sagrou campeã do Open nos 50 peito no ano passado e fez o melhor tempo do ano nos 100 peito quando estreava em competições nacionais absolutas.

A outra vem do interior de São Paulo. Luiza Padovam Vieira, 23 anos de idade, natural de Campinas. Treinando e estudando nos Estados Unidos, Luiza nadou o Maria Lenk em observação já que o processo de transferência para o Guarani Futebol Clube, seu clube de formação não foi concluído. Por conta disso, nadou apenas as eliminatórias e fez o segundo melhor tempo dos 200 costas o que lhe deu a classificação para Toronto.

Entre os estreantes também está Arthur Mendes Filho, nadador do Corinthians, 21 anos, natural de Cáceres, no Mato Grosso, e que atualmente treina e estuda em Auburn. Arthur foi medalha de bronze no Mundial Júnior de 2011 em Lima, no Perú, e faz em Toronto a sua estreia na Seleção Principal. No Maria Lenk, conquistou o seu primeiro título absoluto ao vencer a prova dos 100 borboleta.

Dois olímpicos de Londres 2012 chegam ao primeiro Pan. Marcelo Chierighini e João de Lucca, que já estiveram em diversas seleções brasileiras, mas nunca haviam nadado a competição continental.

O time estreante também tem uma recordista sul-americana, Larissa Oliveira dona da marca continental dos 200 livre e um recordista mundial júnior, Matheus Santana, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude em Nanjing no ano passado. Aliás, daquele time de oito nadadores que o Brasil mandou a Nanjing, quatro estarão no Pan Americano.

Confira a lista completa dos 17 nadadores brasileiros que fazem sua estréia nos Jogos Pan Americanos:
Beatriz Travalon
Bruna Primati
Carolina Bilich
Daiende Dias
Gabriele Roncatto
Jhennifer Conceição
Larissa Oliveira
Luiza Padovam
Natália de Luccas
Pamela Souza
Arthur Mendes
Brandonn Almeida
João de Lucca
Luiz Altamir Melo
Marcelo Chierighini
Matheus Santana
Thiago Simon

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *