Depois de vencer a prova feminina, os americanos voltaram a brilhar agora levando os 10 quilômetros masculino daas águas abertas e desta vez com dobradinha. Vitória de Chip Peterson, veterano nadador americano colocando quatro segundos de vantagem sobre seu compatriota David Heron. O Equador, que já havia sido bronze com Samanta Arevalos na prova de sábado, levou outro bronze agora com Esteban Enderica completando o pódio.

11710013_10153384567619854_5905658112908818789_o

O americano Chip Peterson apareceu para o mundo das águas abertas em 2005. Na época, aos 18 anos de idade, impressionou o mundo com o título dos 10 quilômetros e a medalha de prata nos 5 quilômetros do Mundial de Montreal. Em 2007, no Pan do Rio ele foi prata nas águas abertas e dias depois venceu a prova dos 1500 metros nado livre em piscina. Depois de se aposentar, Peterson voltou a nadar em 2012 já no ano seguinte estava de volta a Seleção Americana de Águas Abertas.

Decepção para o campeão panamericano de 2011, vice campeão olímpico Richard Weinberger do Canadá que chegou em quarto lugar, mas apenas seis segundos atrás do líder.

Luiz Rogerio Arapiraca. Maratonas Aquaticas no Ontario Place West Channel. 12 de julho de 2015, Toronto, Canada. Foto: Satiro Sodre/SSPress

Luiz Rogerio Arapiraca. Maratonas Aquaticas no Ontario Place West Channel. 12 de julho de 2015, Toronto, Canada. Foto: Satiro Sodre/SSPress

O Brasil ficou na quinta posição, Luis Rogério Arapiraca conseguiu sua melhor colocação em provas internacionais, mas chegando mais de um minuto atrás do campeão. Luis Rogério esteve sempre poucos segundos atrás e manteve a quinta posição nas últimas três voltas. Sua última volta, entretanto, foi a mais fraca o que lhe fez distanciar dos primeiros colocados.

img_3629

O outro brasileiro, o gaúcho Samuel de Bona não completou a prova. Na altura da terceira volta, Samuel levou algumas pancadas em confrontos com outros nadadores no contorno da bóia. Reclamou levou o cartão amarelo de advertência e perdeu algumas posições. Quando forçava para retomar o grupo levou outra pancada e aí distante do pelotão principal decidiu abandonar a prova.

Nas águas abertas masculina, em três edições de Jogos Pan Americanos, o Brasil ganhou medalha apenas em 2007 no Rio de Janeiro quando Allan do Carmo foi bronze. Em Guadalajara 2011, Allan do Carmo havia ficado em sétimo lugar e Samuel de Bona em 12o.

A prova dos 10 quilômetros nos Jogos Pan Americanos de Toronto foi disputada nas águas geladas do Ontario Place West Channel em seis voltas de 1,66 quilômetros cada.

11012782_10153384568214854_2135347769674365699_o

Classificação Top 10
1o Chip Peterson dos Estados Unidos 1:54:03.6
2o David Heron dos Estados Unidos 1:54:07.4
3o Esteban Enderica do Equador 1:54:09.2
4o Richard Weinberger do Canadá 1:54:09.3
5o Luis Rogério Arapiraca do Brasil 1:55:12.7
6o Wilder Carreño Mendoza da Venezuela 1:56:05.2
7o Diego Vera da Venezuela 1:56:26.3
8o Guillermo Bertola da Argentina 1:57:38.1
9o Eric Hedlin do Canadá 1:59:59.5
10o Daniel Delgadillo do México 2:00:07.4
Samuel de Bona do Brasil não completou a prova

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *