A nadadora Kylie Palmer anunciou hoje a sua retirada voluntária  da Seleção Australiana até a definição da FINA em relação a um teste positivo de doping que a nadadora fez no Mundial de Barcelona em 2013. A notícia chega até soar estranho, mas é o que se passou e veio a tona com comunicados oficiais da nadadora e da Federação Australiana de Natação.

Maior glória de Kyilie Palmer o ouro do 4x200 em 2008

Maior glória de Kyilie Palmer o ouro do 4×200 em 2008

Ainda não se sabe a substância que Palmer testou positivo, apenas a data do teste, dia 31 de julho de 2013, quando Palmer ficou em sexto lugar na prova dos 200 livre em Barcelona com 1:57.14. Naquele Mundial, ela havia sido oitava nos 400 livre no dia 29 de julho com 4:08.13 e no dia 1o de agosto integrou o revezamento de prata da Austrália no 4×200 livre.

1434589103715-1

O teste positivo de Palmer foi desconsiderado pela FINA, indicando uma quantidade insuficiente para tal classificação, interpretação diversa que teve a WADA. O resultado positivo foi anunciado a nadadora e a Federação Australiana no dia 13 de abril deste ano. O exame da amostra B confirmou a presença da mesma substância.

A nadadora está cumprindo o que se chama de “suspensão provisória” aguardando uma decisão do Painel de Doping da FINA para que tipo de punição a nadadora irá sofrer. Qualquer que seja a punição, ela seria retroativa a data do teste positivo o que pode causar na perda da prata do Mundial de 2013 e talvez até do bronze do 4×200 livre do Mundial de Curta em Doha no final do ano passado.

1434589103715-1

Kylie Palmer tem 25 anos de idade e foi revelada pelo treinador Ken Wood. Mais recentemente, ela trocou de treinador e defendia a equipe do Indooroopilly. Recordista australiana de piscina curta nos 800 livre (8:14.11), recordista australiana dos 400 livre em piscina longa (4:03.40) e do revezamento 4×200 livre, este último na conquista do ouro olímpico em 2008 quando a marca também foi recorde mundial.

Kylie Palmer está na Seleção Australiana desde o Commonwealth Games de 2006, aí inclusos quatro Campeonatos Mundiais de Longa e duas Olimpíadas.

29B8663200000578-3128909-image-a-4_1434585058691

Abaixo a nota oficial liberada pela Federação Australiana de Natação:

Swimming Australia confirms that it has received notification from FINA regarding an alleged anti-doping rule violation by Australian swimmer Kylie Palmer, which FINA alleges to have occurred during the 2013 FINA World Championships held in Barcelona, Spain.

Neither Swimming Australia nor Kylie received notice of this matter before April 2015. Upon receipt of that notice, Swimming Australia immediately advised ASADA.

This week, Kylie has advised Swimming Australia that she has voluntarily accepted a provisional suspension, under FINA’s Doping Code. The provisional suspension shall operate until the final determination of the matter by the FINA Doping Tribunal.

By operation of the provisional suspension, Kylie shall not compete at this week’s event in Townsville. Further, Kylie has informed Swimming Australia that she has withdrawn from the Australian team, selected for the upcoming FINA World Championships in Kazan.

Kylie is entitled to a fair and due process under FINA’s Doping Code. This includes ensuring that proper processes are applied to every person affected by this matter.

Swimming Australia has a duty of care to ensure that we provide Kylie and her family with ongoing support. The health and welfare of Kylie and her teammates is important to Swimming Australia and we will ensure they have the necessary personal and professional support.

Swimming Australia is unable to make public comments in relation to specific matters relating to Kylie’s case, so as to protect the integrity of the FINA processes, and also so as to protect the integrity and interests of all parties involved.

Swimming Australia remains a strong supporter of the fight against performance-enhancing drugs and other forms of doping, in both swimming and all sport. Swimming Australia strongly backs the important work of WADA, ASADA and FINA in running a strict education and drug-testing regime.

Swimming Australia will continue to work with the Australian Government, the Australian Sports Commission and the Australian Olympic Committee to combat the menace of doping.

Under the confidentiality rules set out in the FINA Doping Control rules, Swimming Australia was unable to provide any details on these matters at an earlier time.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *