Papo de Olimpico: A FINA também terá que mudar

0
1375
Comitê da FINA durante o Mundial de Barcelona, em 2013
FABIOLA MOLINA

Com os recentes escândalos de corrupção na FIFA envolvendo praticamente todas as camada da entidade, não deixo de refletir como seria se o FBI investigasse todas as entidades esportivas incluindo a FINA. Porém os dias da FINA liderando o nosso esporte pode estar com os dias contados. Pelo menos a entidade está sofrendo uma enorme pressão da World Swimming Coaches Association e da American Swimming Coaches Association em aceitar a proposta do respeitado ex-técnico australiano Bill Sweetenham. Bill propõe que a FINA tenha uma conduta transparente, aberta, e independente com relação as suas operações. Ele também acredita que a natação estaria melhor se tivesse uma entidade exclusiva para o esporte.

Bureau da FINA, em Lausanne, Suíça
Bureau da FINA, em Lausanne, Suíça

Porém antes que isso aconteça se espera da entidade mudanças drásticas e transparência em suas atividades. Somente assim poderíamos avaliar se uma nova entidade responsável pela natação seria necessária ou apenas reparar os danos causados. Antes de mais nada todos querem uma reforma na entidade. Assim como a FIFA, FINA segue o mesmo modelo de décadas com as mesma pessoas no poder e seguindo o mesmo conceito de governada.

Analisando de perto o relatório financeiro do último quadriênio da FINA, entre os anos de 2009 e 2013, pude ver a discrepância entre alguns gastos. Auditados pela PwC, mesma empresa que fazia auditoria para a Petrobrás, o relatório aponta que a entidade tem uma renda de R$ 410.080.852,08 , um pouco mais de R$100 milhões por ano, sendo que o saldo positivo foi de R$ 72.146.905,50. A entidade teve o gasto no valor R$ 337.933.947,09. Dentro desse valor está incluído gastos com os jogos olímpicos, eventos FINA, atividades para o desenvolvimento, controle anti-doping, comunicação e promoção, controle de atividades e administração.

Screen Shot 2015-06-16 at 08.45.18

No entanto o que mais me marcou foi o fato da entidade ter gasto mais dinheiro com o que eles chamam de “família FINA” do que com os atletas. A despesa com a tal “família” que é composta por 35 membros/dirigentes de diversas partes do mundo inclui hotel 5 estrelas, viagens primeira classe com acompanhante, motorista particular, seguro de saúde, e “outras despesas” nos eventos da FINA totalizam R$ 57.584.261,26 ”. Infelizmente a despesa com os atletas incluindo somente premiação em Campeonatos FINA e seguro saúde (não sei pra quem) totalizam R$ 44.275.676,02. Uma diferença brutal levando em consideração que em torno de R$ 58 milhões de reais foram gastos para seus 35 membros da FINA enquanto R$ 45 milhões de reais foram gastos com atletas, sendo que no último campeonato mundial em Barcelona 2013 participaram 2.195 atletas.

FINA-Logo

A idéia de reformular a FINA ou de até mesmo começar uma outra entidade seria o melhor caminho para elevarmos a natação. FINA já demonstrou incapaz de continuar a frente de um dos esportes olímpicos mais populares do planeta. A ajuda que a entidade oferece aos atletas é inexistente, o estimulo ao esporte é zero, sua política anti-doping é questionável, seus projetos sociais são mínimos. Uma entidade teoricamente sem fins lucrativos que tem um saldo positivo de um pouco mais de 72 milhões de reais em quatro anos deveria fazer muito mais para o esporte e os atletas que ela representa. Atletas coloca um patrocinado em suas toucas durante as competições da FINA além de exibirem no peito patrocinadores ao entrar para as finais sem ganhar um centavo por isso. Algo está errado nisso tudo e certamente quem sai mais prejudicado com isso são os atletas e os técnicos.

Observação: No relatório da FINA os valore estão em Franco Suíço. Esses valores foram convertidos em Real de acordo com a cotação do dia 12/06/2015.

Referências

  • Action Fina. Tradução . 3. ed. Bangkok: FINA, 2013.
  • Fina.org,. FINA Bureau 2013 – 2017. Disponível em: <http://www.fina.org/H2O/index.php? option=com_contact&view=category&catid=56&Itemid=389>. Acesso em: 14 jun. 2015.
  • Replace?, A.; Lord, C. Swimming News: An Olive Branch For FINA As Schism Deepens: Time For Review To Decide Repair Or Replace?. Disponível em: <http://www.swimvortex.com/an- olive-branch-for-fina-as-schism-deepens-time-for-review-to-decide-repair-or-replace/>. Acesso em: 14 jun. 2015.
  • Review, W.; Lord, C. Swimming News: World Coaches Back Sweetenham Proposal For FINA To Submit To Independent Review. Disponível em: <http://www.swimvortex.com/world- coaches-back-sweetenham-proposal-for-fina-to-submit-to-independent-review/>. Acesso em: 14 jun. 2015.
  • Swimming World News,. Strong Words From World Swim Coaches To FINA. Disponível em: <http://www.swimmingworldmagazine.com/news/strong-words-from-world-swim-coaches- to-fina/>. Acesso em: 14 jun. 2015.

Deixe uma resposta