As sete primeiras colocações sul-americanas da prova da Copa do Mundo e Sul-Americano Absoluto em Viedma representam as sete vagas para os países participarem dos Jogos Pan Americanos de Toronto na prova dos 10 quilômetros.

Allan do Carmo, vice campeão da prova masculina, Diogo Villarinho, terceiro colocado na prova da Copa do Mundo, foram os dois melhores sul-americanos, enquanto Carolina Bilich chegando em sétimo entre as sul-americanas, nos deram três vagas para o Brasil no Pan. As vagas são do país e não dos atletas. O ranking utilizado é apenas entre os nadadores sul-americanos. Os países terão até maio para informarem os nomes dos nadadores que irão ocupar as vagas para o Pan de Toronto.

Allan e Diogo, juntamente com Samuel de Bona e Luis Rogério Arapiraca irão decidir na prova de 3 de maio em Cancún no México com quem fica as duas vagas para o Mundial de Kazan. Os dois melhores vão para o Mundial, e os outros dois nadadores pegam estas vagas e estarão no Pan de Toronto.

No feminino, como Ana Marcela Cunha e Poliana Okimoto já estão classificadas para o Mundial de Kazan, Carolina Bilich garantiu a única vaga do Brasil para o Pan e será a nossa representante.

Pela primeira vez, desde que as águas abertas passaram a ser disputadas no Pan Americano que o Brasil não vai ter as quatro vagas. No Rio em 2007, Poliana Okimoto foi medalha de prata e Ana Marcela Cunha chegou em sétimo lugar. Na prova masculina, Allan do Carmo foi bronze e Marcelo Soares chegou em nono lugar. No Pan de 2011 em Guadalajara, Poliana voltou a ser segunda colocada, Ana Marcela chegou em quinto lugar enquanto que Allan do Carmo foi sétimo e Samuel de Bona em 12o.

A prova de águas abertas dos 10 quilômetros no Pan de Toronto vai ser disputada por 18 nadadores de cada sexo no Ontario Place West Channel. Destes 18 nadadores participantes, sete sairão desta prova de Viedma representando a América do Sul, sete vem da região do Caribe, mais dois americanos e dois canadenses.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *