A 3ª etapa do Campeonato Brasileiro Interfederativo Junior – Troféu Paulo Roberto de Melo/Copa Anápolis – segue na piscina da Unievangélica com poucas surpresas, e novamente a etapa fechou sem que a seleção paulista conquistasse todos os primeiros lugares: a paraense Andreza dos Remédios venceu os 100m borboleta júnior 1 com 1:04.45, o que ainda não foi sua melhor marca já que nadou o Campeonato Paraense em junho para 1:03.90. Foi a única medalha da seleção paraense na competição até agora.

O destaque da etapa foi Sabrina Todão, que abriu o dia com novo recorde e melhor marca pessoal nos 100m livre júnior 1, com 55.96. A marca é, ao lado da campeã do júnior 2, Luana Ribeiro, o melhor índice técnico feminino da competição.

Esta foi novamente a melhor etapa para São Paulo em termos de dobradinhas 1-2, com 12, igualando a primeira etapa. Na segunda etapa foram 7 dobradinhas.

Na briga pelos melhores índices técnicos no masculino, por enquanto lideram a lista o carioca Ícaro Pereira (graças ao resultado nos 200m medley júnior 2 com 2:00.37) e Guilherme Dias Basseto (campeão dos 50m costas júnior 1 com 24.87).

Boas disputas aconteceram nos 100m peito júnior 1, com Felipe Ramos Silva batendo o campeão dos 50m peito, Leandro Bressan, com 1:03.66 contra 1:03.75, nos 200m costas júnior 2 com as conterrâneas do Paraná mas aqui defendendo São Paulo, Mayara Nascimento com 2:26.13 e Giovanna Dorigon com 2:26.54, e Wesley Gemente versus Victor Santos nos 100m borboleta júnior 1, 55.38 contra 55.92.

Gabriel Silva Santos consegue sua 3ª medalha de ouro individual vencendo os 100m livre e 100m borboleta nesta etapa, mas ele não é o único tricampeão nesta competição: Rodrigo Codo Berti (campeão da três provas de costas, um feito notável alcançado por poucos na história da competição) e Luana Ribeiro (campeã nos 100m borboleta, 50m e 100m livre) também tem 3 medalhas de ouro na coleção pessoal. Mas Bruna Primati foi a maior medalhista até aqui, a única com 4 vitórias (400m livre, 100 e 200m costas e 200m medley).

Interessante notar que quem está liderando na disputa pelo troféu eficiência não é ninguém multimedalhista de ouro, mas Giovanny Neves Lima, que venceu uma prova, os 200m borboleta, com recorde de 2:01.98, e ainda conseguiu mais 3 medalhas de prata (400m livre, 50m costas e 200m costas). Com estes resultados, ele está com 40 pontos, seguido de Gabriel Silva com 37 pontos e a dupla Rodrigo Codo Berti e Wesley Gemente com 34 pontos.

Confira os resultados completos até o término da 3ª etapa: Troféu Paulo Roberto de Melo – etapa 3

PONTUAÇÕES PARCIAIS ATÉ 3ª ETAPA:

JUNIOR 1

1º FAP. FAP SELEÇÃO PAULISTA 388,00
2º SC SANTA CATARINA SANTA CATARINA 209,00
3º FARJ RIO DE JANEIRO SEL RIO DE JANEIRO 99,00
4º FDA-DF DISTRITO FEDERAL SELEÇÃO DO DISTRITO FEDERAL 76,00
5º PARÁ PARÁ SELEÇÃO PARAENSE 21,00
6º FAGO GOIAS SEL DE GOIÁS 17,00
7º FEAP PARAIBA SEL. DA PARAIBA 14,00

JUNIOR 2

1º FAP. FAP SELEÇÃO PAULISTA 379,00
2º SC SANTA CATARINA SANTA CATARINA 214,00
3º FARJ RIO DE JANEIRO SEL RIO DE JANEIRO 176,00
4º FAGO GOIAS SEL DE GOIÁS 73,00
5º FDA-DF DISTRITO FEDERAL SELEÇÃO DO DISTRITO FEDERAL 41,00
6º FEAP PARAIBA SEL. DA PARAIBA 14,00
7º FGDA FGDA FEDERAÇÃO GAÚCHA DE DESPORTOS 13,00
8º PARÁ PARÁ SELEÇÃO PARAENSE 8,00

GERAL

1º FAP. FAP SELEÇÃO PAULISTA 767,00
2º SC SANTA CATARINA SANTA CATARINA 423,00
3º FARJ RIO DE JANEIRO SEL RIO DE JANEIRO 275,00
4º FDA-DF DISTRITO FEDERAL SELEÇÃO DO DISTRITO FEDERAL 117,00
5º FAGO GOIAS SEL DE GOIÁS 90,00
6º PARÁ PARÁ SELEÇÃO PARAENSE 29,00
7º FEAP PARAIBA SEL. DA PARAIBA 28,00
8º FGDA FGDA FEDERAÇÃO GAÚCHA DE DESPORTOS 13,00

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *