Destaque do Brasil no segundo dia foi Felipe França classificando com o segundo tempo para a final dos 100 peito. Confira como foram as eliminatórias prova a prova:

100 peito feminino –
Kanako Watanabe do Japão fez o melhor tempo 1:06:83 seguida de perto pela americana Jessica Hardy com 1:06:94.
Foram as duas para 1:06, depois mais seis nadadoras na casa dos 1:07, três para 1:08 num total de 15 abaixo da barreira do 1:10.
Ana Carla Carvalho ficou em 16o lugar com 1:10:26. É a melhor marca dela sem trajes. A brasileira passou com 32:80 e voltou com 37:46.

100 peito masculino –
Apenas dois nadadores abaixo da barreira do minuto e um deles foi Felipe França que com 59:92, um centésimo mais lento do que havia feito no Maria Lenk. Na sua frente, o americano Kevin Cordes com 59:70.
No parcial, Felipe passou na frente, o único a quebrar os 28 segundos, com 27:86. Kevin Cordes passou em segundo com 28:12 mas fechou melhor 31:58 contra 32:06 de Felipe.
Depois dos dois, o melhor foi Yasuhiro Koseki do Japão com 1:00:20.
Para entrar na final A, 1:01:11 do japonês Naoya Tomita.
Os outros brasileiros, João Gomes Júnior ficou em 10o lugar com 1:01:17 passando com 28:40 e voltando com 32:77. Tales Cerdeira foi 14o com 1:02:06 passando com 29:45 e voltando com 32:61. Pelas regras do Pan Pacífico, apenas João Gomes pode nadar na final B da prova.
Analisando a parte técnica da prova de Felipe, os primeiros 50 metros pareciam bem fortes e marcados, coisa que não se viu na parte final da prova. Foi onde o americano Kevin Cordes cresceu e lhe passou na chegada.

100 livre feminino –
Melhor tempo do mundo para Cate Campbell nas eliminatórais com 52:61. Passou com 25:43 e voltou com 27:19.
As australianas fizeram o top 3 com Bronte Campbell em segundo com 53:50 e Melanie Schlanger com 53:65, todas nadando abaixo do recorde de campeonato que era de Natalie Coughlin com 53:67 de 2010.
Missy Franklin foi a melhor americana com 53:75 chegando em quarto lugar. Katie Ledecky ficou em 13o lugar com 55:25. Sua melhor marca é 54:96.
Graciele Hermann ficou em 17o mas vai nadar na final B. Nadou para 55:47 passando com 27:12 e voltando com 28:35.
As outras brasileiras:
Daynara de Paula em 23o com 55:80, parciais 26:94 e 28:26
Carolina Bergamaschi em 41o 57:78, parciais 27:87 e 29:91

100 livre masculino –
Nathan Adrian teve o melhor parcial com 22:80 e garantiu o primeiro tempo das eliminatórias com novo recorde de campeonato com 48:05. James Magnussen virou com 23:12 e chegou em segundo na última série com 48:25.
Michael Phelps venceu a sua série com 48:45 e classificou com o terceiro tempo.
Depois Cameron McEvoy com 48:49. Ryan Lochte com 48:90 foi o quinto mas vai para a final B.
Vamos ter dois brasileiros na final A. João de Lucca ficou em sexto com 49:02 e Nicolas Oliveira em oitavo com 49:13.
Marcelo Chierighini foi 14o com 49:31 e vai nadar na final B.
Parciais dos brasileiros:
De Lucca 23:87, 25:15, 49:02
Nicolas – 23:64, 25:49, 49:13
Chierighini – 23:36, 25:95, 49:31

400 medley feminino –
Prova sem brasileiras. Melhor marca para a americana Elizabeht Beisel com 4:36:89. Outra americana, Maya Dirado em segundo com 4:37:53. E a australiana Keryn McMaster com 4:38:72 completou as únicas três abaixo dos 4:40.

400 medley masculino –
A dupla japonesa Kosuke Hagino e Daiya Seto na ponta, ambos com 4:11. Hagino melhor 4:11:48, Seto 4:11:74.
Depois os americanos Chase Kalisz e Tyler Clary respectivamente com 4:13:12 e 4:13:88.
O brasileiro Thiago Simon ficou em 14o lugar com 4:25:68 e vai para a final B. Os parciais de Thiago:
26:43, 57:53, 2:04:76, 3:20:05, 4:25:68.

Os revezamentos 4×200 livre masculino e feminino serão disputados em final direta sendo que o Brasil não participa de nenhum dos dois.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *