Detti e Paltrinieri só sorriso após os 800 na Itália.

Detti e Paltrinieri só sorriso após os 800 na Itália.

Seletivas com bons tempos e recordes. Confira os resultados e destaques do dia acompanhando as principais seletivas da natação mundial nesta terça-feira:

ITÁLIA

O primeiro recorde europeu da temporada veio na abertura do Campeonato Italiano da Primavera em Riccione. Foi numa fantástica prova de 800 livre masculino onde os dois primeiros colocados nadaram abaixo da marca que já era italiana.

O vencedor foi Gabriele Detti com 7:42:74 sempre apertado por Gregorio Paltrinieri que chegou em segundo com 7:43:01. Ambos nadaram abaixo do recorde que era de Federico Colbertaldo com 7:43:84 desde o Mundial de Roma em 2009. Colbertaldo nadou a prova de hoje chegando na sétima colocação com 8:05:54.

Detti 7:42:74 e Paltrinieri 7:43:01 passam a ser os dois primeiros colocados do ranking mundial de 2014. Samuel Pizzetti que chegou na terceira colocação com 7:54:41 é o quinto do mundo neste ano.

Detti passou os 400 atrás de Paltrinieri 3:51:41 contra 3:50:74. Nos últimos 100 metros, Detti 56:04 e Paltrinieri 56:96.

No feminino, o maior destaque foi a boa marca de Federica Pellegrini 4:04:56, segundo melhor tempo do mundo este ano. Na sua frente apenas a americana Katie Ledecky (4:04:46) e igualando o tempo que a australiana Bronte Barratt fez na semana passada na seletiva em Brisbane.

Pellegrini não nadava os 400 livre deste a Olimpíada de Londres quando ficou na quinta colocação nadando para 4:04:50. Os parciais da Diva 59:10, 2:00:55, 3:02:88 e 4:04:56.

Nos 100 livre, Luca Dotto passando com 23:13 venceu os 100 livre com 49:04. Em segundo lugar, um empate entre Luca Leonardo e Fillipo Magnini com 49:12.

Vencedores da primeira etapa do Italiano:
100 borboleta masculino – Christopher Ciccarese 53:94
100 costas feminino – Arianna Barbieri 1:00:42
50 peito masculino – Mattia Pesce 27:38
400 livre feminino – Federica Pellegrini 4:04:56
800 livre masculno – Gabriele Detti 7:42:74
200 borboleta feminino – Stefania Pirozzi 2:07:82
100 livre – Luca Dotto 49:04

FRANÇA

Agnel antes da prova dos 400 livre.

Agnel antes da prova dos 400 livre.

Ao que tudo indica Yannick Agnel nadou apenas para vencer a prova dos 400 livre. Os 3:49:65 lhe colocam em 12o lugar no ranking da temporada. Ele não nadou a prova no ano passado e seu melhor ainda é 3:43:85 do Mundial de 2011 em Shanghai. Em 2012, última vez que havia nadado a prova fez 3:46:14 no Mare Nostrum de Monte Carlo.

Florent Manaudou venceu os 50 borboleta com 23:25, porém tinha nadado melhor numa competição em Barcelona no mês passado com 23:18.

Vencedores da primeira etapa da seletiva francesa:
400 livre masculino – Yannick Agnel 3:49:65
400 medley masculino – Eveln Verraszto (Hungria) 4:39:57, 2o Lara Grangeon 4:40:57
100 costas masculino semifinal – Melhor tempo Camille Lacourt 53:59
200 costas feminino semifinal – Melhor tempo Justine Ress 2:14:88
100 peito masculino semifinal – Melhor tempo Thomas Dahlia 1:01:48
50 borboleta feminino – Melanie Henique 26:29
50 borboleta masculino – Florent Manaudou 23:25

ÁFRICA DO SUL

Duas provas, dois ouros para Le Clos.

Duas provas, dois ouros para Le Clos.

O segundo dia de seletiva da África do Sul não teve nenhum atleta conseguindo os índices estabelecidos pela Federação Nacional para o Commonwealth. Tivemos Chad Le Clos conseguindo sua segunda vitória na segunda prova. Desta vez foi nos 200 livre com 1:48:43 a apenas um centésimo dos 1:48:42 solicitados.

Le Clos também nadou os 50 borboleta na semifinal, mas nadou tranquilo com 24:42 apenas passando a final com o segundo tempo. Quem forçou foi o veterano Roland Schoeman que mandou 23:07 assumindo a liderança do ranking mundial da prova. Schoeman melhor marca é 22:90 do Mundial de 2009 em Roma. Seu melhor sem trajes ainda é de 2005 com 22:96 no Mundial de Montreal.

Vencedores e destaques do segundo dia em Durban na seletiva sul-africana:
50 costas feminino – Vanessa Mohr 27:15
50 costas masculino – Gerhard Zandberg 25:30 em 6o lugar o brasileiro Nelson Silva Jr. 26:52
50 peito feminino – Tara Nicholas 31:86
50 borboleta masculino semifinal – Roland Schoeman 23:07, 2o Chad Le Clos 24:42
100 peito masculino semifinal – Cameron Van der Burgh 1:00:98
100 livre feminino semifinal – Karin Prisloo 55:19
200 livre masculino – Chad Le Clos 1:48:43
100 costas feminino semifinal – Karin Prisloo 1:01:58
1500 livre feminino – Michelle Weber 16:44:62

NOVA ZELANDIA

Lauren Boyle abriu a seletiva batendo o seu próprio recorde nacional dos 200 livre. Sua marca era 1:57:72 do Mundial de 2011 vencendo hoje com 1:57:67, 11o tempo do mundo este ano. Prova que teve muito bom nível com três nadadoras abaixo dos dois minutos.

Além de Boyle, mais dois nadadores conseguiram as vagas para o Commonwealth: Matthew Stanley nos 400 livre e Glenn Snyders nos 200 peito.

Vencedores do primeiro dia na Nova Zelândia:
400 livre masculino – Matthew Stanley 3:47:90
200 livre feminino – Lauren Boyle 1:57:67 novo recorde nacional
200 peito masculino – Glenn Snyders 2:11:07
50 borboleta feminino – Laura Quilter 26:64
50 costas masculino – Kurt Crosland 25:76
200 medley feminino – Tash Hind 2:17:70
200 borboleta masculino – Shaun Burnett 2:00:13

1 responder

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *