5655

Não poderia terminar melhor a estréia de César Cielo pelo Fiat Minas no Troféu Metropolitano de Belo Horizonte. Cielo venceu a prova dos 50 livre com 21:74, simplesmente o melhor tempo do mundo na temporada. Cielo ocupava o quarto lugar do ranking com os 22:15 feitos no Grand Prix de Orlando. Até agora, apenas James Magnussen (AUS) 21:88 e Nathan Adrian (USA) 21:89 haviam quebrado a barreira dos 22 segundos. Bruno Fratuz, algoz de Cielo tanto no Open como no GP de Orlando, agora é o quarto do ranking mundial com 22:00.

Os 21:74 de Cielo foram tão comemorados quanto os 49:11 dos 100 livre de ontem. A marca é melhor do que o tempo de Cielo nas eliminatórias do Mundial de Barcelona (21:76), melhor do que a marca do Paris Open em junho do ano passado (21:78) e melhor do que o tempo feito nas eliminatórias do Open em dezembro (21:92). Agora sua estatística chega a 37 vezes quebrando a barreira dos 22 segundos, uma vez na casa dos 20, o seu recorde mundial 20:92, e 36 vezes para 21.

Assim como nos 100 livre, o nível da prova foi muito bom com quatro nadadores na casa dos 22 segundos. Henrique Martins foi o segundo com 22:53, seguido de Italo Duarte 22:90, Felipe Martins 22:91 e Fernando Souza Silva 22:96.

5720

O público superou ainda mais o que havia sido alcançado na primeira noite do Metropolitano. O entusiasmo e o apoio foram incríveis, numa nova realidade que a natação de Minas pode estar vivendo.

Boa prava e bem equilibrada nos 200 livre masculino onde Giuliano Rocco venceu com 1:52:75 apenas um centésimo a frente de Marcos Ferrari segundo com 1:52:76 e Fernando Souza Silva em terceiro com 1:52:80.

Lorrane Ferreira, que havia vencido os 50 ontem, completou vencendo os 100 livre com 57:62, bem próximo do seu melhor no ano passado (57:30). Depois dela, quatro nadadoras na casa dos 58 segundos pela ordem Roberta Albino, Carolina Bergamaschi, Manuella Lyrio, Dandara Antonio e Andressa Lima.

Dandara fechou a competição com sua segunda vitória, agora nos 50 borboleta e um bom 27:53.

No borboleta masculino, Henrique Martins foi o único a quebrar os 54, venceu com 53:45. O irmao Felipe Martins ficou em segundo num distante 55:35.

Resultados da competição:

http://cbdaweb.org.br/mg/natacao/evento/4090/2014//relatorios

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *