Reconhecimento do Ano

22
8300
FABIOLA MOLINA

O Prêmio Reconhecimento do Ano é o maior prêmio do Troféu Best Swimming. Anualmente, trazemos nomes que contribuíram de forma decisiva para o nosso esporte nas mais diferentes áreas. É algo como o nosso “Hall of Fame” onde pessoas são eternizadas pelos seus anos de dedicação e contribuição a natação brasileira.

Os escolhidos além do reconhecimento passam a fazer parte do Painel Permanente de Especialistas com direito a voto todos os anos para o Prêmio Best Swimming.

Este ano, a Best Swimming decidiu homenagear aquele que foi um desbravador para a arbitragem brasileira nos esportes aquáticos: Ruben Márcio Dinard de Araújo!

74854_111016282296813_7783201_n

Ruben Márcio Dinard de Araújo é carioca, e aos 66 anos continua sendo um apaixonado pela natação. Já afastado da arbitragem, não deixa de seguir e acompanhar os resultados e disputa dos torneios nacionais e internacionais.

O primeiro árbitro brasieliro da FINA, aliás, muito mais que isso, afinal foram 12 Campeonatos Mundiais sendo árbitro geral em cinco deles. Foram cinco Jogos Pan Americanos e sendo árbitro geral em três deles. Abrilhantando isso tudo, ainda foram quatro Olimpíadas, sendo o árbitro geral em Sydney 2000.

A nível nacional, foram quase uma centena de campeonatos brasileiros e clínicas de arbitragem em diferentes estados e no exterior.

Ruben Márcio também foi Presidente da CBDA, vencedor daquele que foi o mais disputado e complicado pleito da história da entidade. Depois presidiu a Consanat além de integrar os Comitês Técnicos da FINA e da UANA.

O currículo é extenso e expressivo. Sua contribuição foi decisiva e abriu portas para o Brasil, que hoje tem vários árbitros nos quadros da FINA e cada vez mais atuantes nos campeonatos internacionais.

Ruben Márcio como árbitro geral na Olimpíada de Sydney, em 2000
Ruben Márcio como árbitro geral na Olimpíada de Sydney, em 2000

Um início que foi por acaso. Era o ano de 1981 e assistia a um campeonato no Parque Aquático Julio de Lamare. Com a falta de um dos juízes de volta, o árbitro geral Sérgio Leal Ferreira lhe convidou para ocupar a vaga. Coisa que acabou virando um hobby até se tornar no melhor árbitro da história da natação brasileira.

Filho do antigo Presidente da CBN – Confederação Brasileira de Natação, Dr. Ruben Dinard de Araújo, Ruben Márcio foi o vitorioso da batalha eleitoral de anos contra o atual Presidente Coaracy Nunes na sucessão de seu pai. O episódio foi marcado por disputas judiciais e até Maria Lenk virou interventora do processo.

Depois de três anos como Presidente da entidade de 1985 a 1988, Ruben Márcio decidiu lançar um armistício com Coaracy Nunes. Faltava um dia para o pleito e ambos estavam no mesmo hotel. Coaracy se surpreendeu com o telefonema e a reunião, onde Ruben Márcio anunciou a sua retirada da eleição.

“A natação estava sendo prejudicada. A luta foi longa e desgastante. Decidi colocar uma pedra em cima de todos os acontecimentos passados. Acabou ali a briga e desavença na natação. Abri as portas para ele, e mesmo três meses antes de assumir, Coaracy já estava se inteirando de tudo para que a CBDA não sofresse mais ainda” declara Ruben Márcio sobre o episódio. Ele ainda completa: “Hoje, tenho certeza absoluta que fiz bem”.

Fazendo parte do Comitê Técnico da FINA, UANA e Consanat, Ruben Márcio foi trabalhando como árbitro em diferentes competições internacionais. Iniciando no banco de controle foi galgando posições até chegar ao máximo de árbitro geral.

Foi ocupando esta posição que Ruben Márcio ganhou destaque internacional ao dirigir seu primeiro Mundial, o Mundial de Curta na praia de Copacabana. Naquele ocasião, teve “peito” para desqualificar a melhor nadadora do mundo daquela época, a alemã Franziska van Almsick na sua melhor prova, os 200 livre logo na saída. “Nada mais fiz do que aplicar a regra” diz Ruben Márcio.. “Independente de quem tenha sido o nadador. Ela não cumpriu a regar, desafiando a arbitragem, achando que nunca seria desclassificada por má conduta. Foi e aprendeu a lição” completa ele. A arbitragem brasileira ganhou respeito. E ele mais ainda.

Ruben Márcio fala com orgulho do fato do Brasil ter hoje quatro árbitros que se revezam nos Campeonatos Brasileiros e nas competições internacionais. Ele acredita que todos têm condição de atuar como árbitro geral de um Mundial, mas destaca que isso não é fácil, “em Olimpíada então, nem se fala” diz ele.

Assim como na carreira de qualquer atleta, os Jogos Olímpicos é o “ápice” na carreira do árbitro. “Eu felizmente cheguei lá e me orgulho de ser até hoje o único brasileiro árbirtro geral em uma Olimpíada”.

Foi nos Jogos de 2000 em Sydney , marcados pela inclusão das semifinais na disputa. O programa chegou aos atuais oito dias de competição e participaram 954 nadadores de 150 países.

Aposentado da arbitragem, a paixão continua. Ruben Márcio segue acompanhando os certames internacionais e é a favor da inclusão das câmeras sub-aquáticas para o auxílio na arbitragem. Tem posição forte com relação ao nado peito, ao qual chama de “o calcanhar de aquiles” da natação. Segundo ele, “é o nado mais complexo para se arbitrar em função das diversas nuances dentro da prova”.

Como apaixonado pelo esporte, pela arbitragem, pela Olimpíada, Ruben Márcio também está animado com a oportunidade do Rio de Janeiro sediar os Jogos em 2016. “Espero que atletas aproveitem esta oportunidade única e retirem todos os ensinamentos possíveis para consolidar suas carreiras”.

É bom escutar isso de alguém que já fez tanto pelo nosso esporte. Alguém que merece ser destacado, que merece registro e faz parte da nossa história. Alguém que, como nós, vibra com o esporte e quer o Brasil brilhando em 2016: “Eu, sinceramente, só espero estar vivo para assistir esta maravilha”.

Com todos os méritos e agradecimentos da natação brasileira, Ruben Márcio Dinard de Araújo é o Prêmio Reconhecimento do Ano de 2013.

22 Comentários

  1. Parabéns Ruben! Você merece todos os prêmios! Com sua competência e seriedade na arbitragem conquistou o respeito e a admiração da comunidade aquática mundial!
    Querido Mestre, agradeço por tudo que ensinou!

  2. Ruben, pelo pouco que modestamente me passou, não podia ter a ideia da grandeza do sua contribuição no desenvolvimento e organização da NATAÇÃO de forma internacional. Fico feliz em telo ao lado em nosso Iate Clube
    clube.

  3. Ruben Marcio.
    Parabéns pelo merecido reconhecimento recebendo o Troféu Best Swimming.Tive o prazer e honra de trabalhar com você como árbitro em duas Olimpíadas e alguns Mundiais, indicado que fui por um tal de Ruben Marcio que comandava o quadro de árbitros da FINA. Um Feliz 2014 para você e toda a sua família. Um forte abraço.

  4. Parabéns Ruben pela brilhante carreira e o eterno apoio a natação Brasileira. A natação do Iate também gostaria de contar mais com o seu apoio. O GMNI te aguarda.

  5. Ruben conhecendo você a mais de 40 anos e sabedor de sua dedicação, a homenagem é merecida. Agora como conselheiro do ICRJ, peço ajuda ao esporte “aquático”, tão desprezado, de nosso Clube

  6. Acredito no reconhecimento precedido de dedicação e esforço aliados a competência. Parabéns pela história de sucesso.

  7. Ruben , o minimo que posso dizer é PARABÉNS. uma historia impressionante e invejável. espero que passem no ICRJ a te respeitar mais ainda.

  8. Ruben Márcio, também sou apaixonado pela natação desde os 13 anos, quando comecei a nadar na AABB. Hoje, aos 60, nado no ICRJ e no Botafogo (Mourisco).
    Não sabia que você imitou Nelson Mandela quando disputou com Coaracy. Faça o mesmo com o Iate Clube para atingirmos a PAZ. Parabéns.

  9. Estimado amigo
    Parabéns pelo premio recebido e pelo histórico de sua carreira. Não tenho dúvidas que voce poderia se candidatar com sucesso a comodoria do nosso clube. Vamos divulgar este prêmio. Parabéns!!!!!!!!

  10. Reconhecimento mais do que merecido.
    Meu grande mestre, que tive a honra de conhecer em 1996 e que me deu a oportunidade de atuar em vários brasileiros de 1996 a 2000, da Copa do Mundo de 1998, Mundial Junior de 2006 e do Panamericano de 2007 ambos no Rio.
    Mestre PARABÉNS e OBRIGADO por tudo.

  11. Reconhecimento mais do que merecido.
    Meu grande mestre, que tive a honra de conhecer em 1996 e me deu a oportunidade de atuar em vários brasileiros de 1996 a 2000, da Copa do Mundo de 1998, Mundial Junior de 2006 e do Panamericano de 2007 ambos no Rio.
    Mestre PARABÉNS e OBRIGADO por tudo.

  12. Caro Ruben.
    Fico feliz por essa homenagem e reconhecimento.
    Mais uma vês, outros falam por V.e mostram a sua capacidade, e consequentemente poder assumir a Presidência do Conselho Deliberativo do ICRJ.
    Felicidades e continue a contar com o meu apoio. FELIZ 2014 ! Paulo Neiva.

  13. Parabéns!!! Você merece. Tenho muita admiração por você como árbitro e como pessoa. Você é uma pessoa impecável. Assim você começa 2014 com o pé direito. Um grande abraço e beijo no seu coração.
    Marco Tavares.

  14. Um prêmio mais que merecido, pois ele Juntamente com o saudoso Durval Monteiro, me ensinaram tudo sobre arbitragem de natação.
    Parabéns Ruben. Um grande abraço e um Feliz 2014.

  15. Parabens pela sua carreira como desportista e apoiador do esporte amador. Este exemplo é que devemos ter no nosso Iate, para as antigas,atuais e proximas gerações.
    Grande abraço.

Deixe uma resposta