Nadadora do Brasil em 2013

1
2201
FABIOLA MOLINA

Não veio a medalha, mas veio a melhor colocação da história do Brasil em Campeonatos Mundiais de Piscina Longa. A pernambucana Etiene Medeiros de 22 anos de idade recebeu 85% dos votos do Painel de Especialistas para vencer pela primeira vez o título de Melhor Nadadora do Brasil pela Best Swimming.

 

15¼ CAMPEONATO MUNDIAL DE ESPORTES AQUATICOS/NATACAO

Etiene foi quarta colocada na prova dos 50 costas no Mundial de Barcelona a apenas três décimos da medalha e pouco mais de cinco décimos da campeã mundial. Um resultado que confirma a sua tradição nesta prova que também já lhe deu o título de vice campeã mundial júnior em 2008.

 

O prêmio de melhor nadadora do Brasil em 2013 vem em boa hora para Etiene. É o ano em que Fabíola Molina se aposentou e Etiene termina a temporada como a melhor do ranking nacional nas provas de 50 e 100 costas, igualando o recorde sul-americano dos 50 costas em piscina curta e uma medalha de ouro conquistada na fortíssima etapa da Copa do Mundo em Tóquio.

trofeuUm ano de mudanças para Etiene, novo clube, novo treinador, novas aspirações e um objetivo voltado para representar bem o Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio em 2016.

Na votação, Natália de Luccas e Manuella Lyrio receberam a mesma votação empatando na segunda posição da escolha.

1 Comentário

  1. Esse prêmio para Etiene coroa a mediocridade da nossa natação. Sou Pernambucano como ela e gostaria muito de ter o que comemorar, mas 4º lugar em prova de 50 metros ? Pra chegar nas olimpiadas e sequer passar das eliminatórias nos 100 costas, que é o que importa ? Continuem premiando essas ”conquistas” e seremos apenas o país do cinquentinha.

Deixe uma resposta