Um voto decidiu outra acirrada disputa do Troféu Best Swimming 2012. De um lado, Joanna Maranhão, única nadadora do Brasil a chegar a semifinal dos Jogos Olímpicos em Londres na prova dos 200 medley. Do outro, a veterana Fabíola Molina que também esteve em Londres e foi finalista no Mundial de Curta em Istambul.

Trofeu Jose Finkel - Natacao

Joanna e Fabíola não são os destaques da natação feminina do Brasil apenas nesta temporada, mas há mais de uma década. No Troféu Best Swimming, Fabíola já venceu três vezes como Melhor Nadadora do Ano (2006, 2007 e 2010) enquanto
que Joanna foi a vencedora do ano passado.

Por apenas um voto, Joanna repete o título de Melhor Nadadora do país conquistado em 2011. Foi a única nadadora brasileira a chegar a semifinal olímpica na prova dos 200 medley e também bateu o recorde sul-americano dos 200 costas em piscina curta.

Teve um acidente que acabou lhe tirando da sua prova (400 medley) em Londres, mas teve a capacidade de se recuperar (psicologicamente) e ganhar uma vaga na semifinal dos 200 medley. Joanna também teve uma temporada de destaque nos campeonatos nacionais e acabou perdendo os campeonatos de final de ano devido a uma doença.

Troféu Best Swimming 2012 Melhor Nadadora do Brasil – Joanna

Também foram citadas:
Fabíola Molina
Manuella Lyrio

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *