Autor • Pedro de Figueiredo
Fonte • Best Swimming

 

Enquanto famílias viajam para aproveitar o feriado prolongado, os nadadores brasileiros não sabem o que é descanso. Tendo Shangai, onde ocorre o Mundial da modalidade em agosto deste ano, como objetivo, os atletas caíram na água pela segunda vez na noite desta quinta-feira no Parque Aquático Júlio Delamare, no Complexo do Maracanã, para participarem da seletiva para a competição.
 
Apesar da competição ser voltada para a obtenção de índices, nenhum atleta conseguiu obter a marca nesta quinta-feira. Os índices estão fortes e a maioria dos nadadores ainda não está 100% descansado para nadar para os melhores tempos. 
 
O melhor resultado do dia foi do campeão olímpico e mundial Cesar Cielo. O nadador já tem índices para o Mundial em três provas: 50m livre, 100m livre e 50m borboleta. Nesta quinta, ele nadou esta última prova com facilidade para 23"68. O tempo é 60 centésimos acima do seu melhor (23"03) e cerca de 30 (23"35) acima do índice da competição. Esta foi a primeira vez que Cielo nadou a prova no ano.
 
"Ninguém está nos 100% ainda. Todo mundo está focado no Troféu Maria Lenk, onde eu pretendo segurar minha vaga nas três porvas e ajudar o Flamengo a conquistar pontos e conseguir uma boa colocação", disse, se referindo à última chance de se obter índices para o Mundial, que é o Troféu Maria Lenk. A competição ocorre daqui a duas semanas também no Rio.
 
Apesar dos tempos não estarem sendo os melhores, Cielo disse que a seletiva desta semana é muito importante para dar um "estímulo" a mais aos atletas. "Ainda não é o momento 100% da temporada, mas uma competição como esta é um estímulo para o campeonato principal daqui a duas semanas. Se duvidar, como a pressão aqui é menor, muitos atletas podem inclusive conseguir seu melhor resultado", explicou Cielo, que nada os 50m livre, prova em que foi campeão olímpico, nesta sexta-feira.
 
Nas outras provas do dia, os destaques foram para Daynara de Paula, do Minas, que venceu os 50m borboleta feminino com 26"55. Já Felipe França ganhou os 100m peito masculino com o tempo de 1'01"44.
 
A tricolor Júlia Siqueira foi a brasileira mais bem colocada nos 400m medley feminino, com 5'03"93, atrás da portuguesa Nadia Vieira, com 4'03"87. No masculino, em uma prova disputada e decidida na batida de mão, Diogo Yabe venceu Henrique Rodrigues por 15 centésimos e levou a prova com 4'21"49.
 
Nos 200m livre feminino, Jessica Cavalheiro venceu a prova com 2'03"39. No masculino, Rodrigo Castro foi o melhor brasileiro ao cravar 1'51"31. O vencedor foi o portugu6es Diogo Carvalho, com 1'51"05.
 
Nos 100m peito feminino, tabém deu gringa. A portuguesa Ana Rodrigues estabeleceu 1'11"34, seguida por Tatiane Sakemi, com 1'11"66.
0 respostas
  1. Turismo
    Turismo says:

    Coach, pelo visto os atletas foram fazer tursimo no Rio na semana Santa…. Tudo bancado pela CBDA é claro, já que todos estarao 100% somente no Maria Lenk.
    Pelos tempos obtidos até agora, foram passear…..

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *