Autor • Alex Pussieldi direto de Minneapolis
Fonte • Best Swimming

Divulgação

Logo do US Open

200 livre feminino –
Uma prova disputadíssima e um empate no final entre Mary Descenza (sua terceira vitória na competição) e Kristen Heiss com 1:59:43. Foi o melhor tempo da carreira das duas sendo que Heiss quebrou a barreira dos dois minutos pela primeira vez.
 
200 livre masculino –
Terceira vitória de Michael Klueh (ele já tinha ganho os 100 e os 400 livre) com 1:47:66. Foram cinco nadadores nadando a final abaixo dos 1:50.
 
100 peito feminino –
Michelle McKeehan era a mais baixinha da prova mas foi a única abaixo do 1:09 vencendo com 1:08:61.
 
100 peito masculino –
Cinco nadaram a final na casa do 1:01. Scott Usher que já havia vencido os 200 peito completou seu US Open nadando para 1:01:37. Na seletiva americana ele ficou em 7º com 1:01:42.
 
100 costas feminino –
A prova mais esperada do dia e a expectativa de recorde mundial. Infelizmente não aconteceu. Hayley McGregory passou com 28:40, abaixo dos 28:45 do recorde de Natalie Coughlin, mas não conseguiu segurar a volta e mesmo vencendo não bateu a marca. Terminou com 59:20 depois de ter feito 59:11 nas eliminatórias. Para quem não vai a Beijing, o recorde mundial seria uma grande alegria, infelizmente não aconteceu.
 
100 costas masculino –
A surpresa do dia. Nick Thoman, praticamente um desconhecido, quase fez história. Saiu forte 25:95 e não caiu no final voltando com 26:97. Venceu com 52:92 e fez cara de apavorado por vários minutos. Nada mais nada menos do que três centésimos do recorde mundial da prova. Nick Thoman que terminou em 6º lugar a seletiva olímpica há um mês, virou hoje o segundo melhor nadador da história dos 100 costas a apenas três centésimos do recorde mundial.
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *