Autor • Redacao
Fonte • Best Swimming

Site oficial do nadador

Ryan Lochte no Senior Nationals 2007

Ryan Lochte ganhou todos os espaços possíveis na mídia americana. Não pelos dois recordes nacionais no USA Short Course Nationals Championship, não pelas três vitórias, ou pelos quatro melhores tempos de sua carreira em curta, mas somente pelo fato de ter derrotado Michael Phelps.
O fato abriu espaço em jornais, televisão e a mídia não poupou o maior nadador do mundo na atualidade. Mesmo estando voltando de uma recuperação de uma fratura de punho, a derrota foi dura para Michael.
Ryan é o tipo do nadador que só foi brilhar quando chegou a Universidade. Sua carreira sempre foi destacada, mas o fato de ser treinado pelo próprio pai nunca houve uma pressão e um treinamento intenso. Sempre foi na base de seu talento.
A chegada a UF há cinco anos mudou a carreira de Lochte vertiginosamente. Sua estréia foi no Pan de 2003 em Santo Domingo. Lá, ele estava apenas para nadar o revezamento 4 x 200 livre, mas nadando em exibição nas provas de 200 e 400 medley fez tempos que lhe colocaria no pódium com facilidade.
Ryan Lochte começou na natação por acaso. Morando na gelada New York, caiu na piscina congelada do Monroe Community College quando era pequeno. Ao invés de gritar pedindo socorro foi resgatado com calma e sem chorar. A mudança para a Flórida aos 12 anos de idade mudaram a rotina do jovem jogador de basquete. Ryan começou a nadar com mais freqüência, primeiro com a mãe nas categorias menores e depois com o pai na equipe principal do Daytona Beach Swim Club.
O apogeu de sua carreira foi no Olympic Trials de 2004 quando ganhou a vaga do revezamento 4 x 200 livre e dois dias após ficava em 2º nos 200 medley. Em Atenas, a estréia olímpica foi melhor ainda com a medalha de ouro no 4 x 200 e prata nos 200 medley.
No NCAA, terminou uma carreira fantástica sendo por dois anos escolhido o nadador do ano. Vitórias, recordes e títulos marcaram a sua passagem pela Universidade de Flórida. Local que decidiu abrigar como sede permanente para seus treinamentos. Pelo menos até Beijing 2008.
Nadador profissional da Speedo, Ryan tem um dos melhores salários entre os atletas americanos e já comprou uma casa em Gainesville e dirige um Corvette.
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *