Rússia vence Campeonato Europeu pela 7a vez

0
115
FABIOLA MOLINA

Deu Rússia, no quadro de medalhas, na tabela de pontos, sétimo título europeu de natação, décimo se contarmos os três pela União Soviética. Os russos não eram campeões desde 2010 e quebraram uma sequência de dois campeonatos de vitórias da Grã-Bretanha. Confira o último dia prova a prova:

50 metros borboleta feminino –
Sarah Sjoestroem da Suécia chegou a sua quarta vitória individual, a única nadadora da competição. Venceu com 25.16 errando a chegada o que poderia até lhe dar uma quebra de recorde de campeonato (24.87) dela mesmo de 2014. O melhor tempo do mundo também é dela, 25.07 feitos no Euro Meet em Luxemburgo, no mês de fevereiro.

Pódio:
1o Sarah Sjoestroem da Suécia 25.16
2o Emilie Beckmann da Dinamarca 25.72
3o Kimberly Buys da Bélgica 25.74

50 metros nado livre masculino –
Ficou um ar de decepção. Para quem viu Ben Proud voar ontem com 21.11, melhor marca da era pós-trajes, o britânico nadou para um modesto 21.34. E chegou a ter sua vitória ameaçada pelo grego Kristian Gkolomeev que chegou um décimo atrás. Proud segue fazendo uma saída espetacular, os primeiros metros são impressionantes, mas hoje, caiu demais no final de prova.

Pódio:
1o Ben Proud da Grã-Bretanha 21.34
2o Kristian Gkolomeev da Grécia 21.44
3o Andrea Vergani da Itália 21.68

50 metros peito feminino –
Yulia Efimova da Rússia se tornou na única nadadora vencedora de três provas od mesmo estilo, venceu os 100, 200 e agora os 50 metros nado peito. Foi melhor na semifinal com os 29.66, novo recorde de campeonato. Agora, tomou a frente na parte nadada, mas deslizou na chegada para 29.81.

Pódio:
1o Yulia Efimova da Rússia 29.81
2o Imagen Clark da Grã-Bretanha 30.34
3o Arianna Castiglioni da Itália 30.41

100 metros borboleta masculino –
Como esperada, a prova mais equilibrada da competição. Pouco mais de 3 décimos separavam os oito tempos. Vitória do italiano Piero Codia, nadando na raia 8, 50.64, novo recorde nacional de seu país e segundo tempo do mundo em 2018. Foi o único abaixo dos 51 segundos.
Laszlo Cseh da Hungria entrou com o primeiro tempo e acabou com a oitava colocação. Aos 32 anos de idade, o nadador mais velho deste Europeu, pela primeira vez desde 2004 nadando o Campeonato Europeu deixa a competição sem ganhar uma medalha.

Pódio:
1o Piero Codia da Itália 50.64
2o Mehdy Metella da França 51.24
3o James Guy da Grã-Bretanha 51.42

200 metros costas feminino –
Caiu o recorde de campenato mais antigo da competição. Uma marca histórica, Krisztina Egerszegi da Hungira 2:06.61 desde o Europeu de 1991 em Atenas. Foi a italiana Margherita Panziera com 2:06.18, ela que nunca havia nadado abaixo do 2:07. Parciais da recordista: 30.08, 1:01.93, 1:34.08, 2:06.18

Pódio:
1o Margherita Panziera da Itália 2:06.18 recorde de campeonato
2o Daria Ustinova da Rússia 2:07.12
3o Katalin Burian da Hungria 2:07.43

400 metros medley masculino –
David Verraszto da Hungria chegou ao tri campeonato europeu ao vencer a prova com 4:10.65. Medalhista nos outros dois certames, são cinco campeonatos europeus consecutivos no pódio da competição.
Parciais do campeão 57.01, 2:01.54, 3:11.95, 4:10.65.

Pódio:
1o David Verraszto da Hungria 4:10.65
2o Max Litchfield da Grã-Bretanha 4:11.00
3o Joan Pons da Espanha 4:14.26

400 metros nado livre feminino –
Terceira vitória para a italiana Simona Quadarella 4:03.35 em prova apertada contra a húngara Ajna Kesely que com 4:03.57 bateu o recorde europeu júnior.

Pódio:
1o Simona Quadarella da Itália 4:03.35
2o Ajna Kesely da Hungria 4:03.57
3o Holly Hibbott da Grã-Bretanha 4:05.01

Revezamento 4×100 metros medley masculino –
Vitória da Grã-Bretanha com novo recorde de campeonato para a equipe favorita, prata no Mundial e na Olimpíada. Parciais do time campeão e recordista Nicholas Pyle 54.58, Adam Peaty 57.60, James Guy 50.91, Duncan Scott 47.35
Melhor parcial de costas da prova foi 52.77 do russo Kliment Kolesnikov, melhor peito para Peaty 57.60, melhor borboleta para James Guy 50.91 e o melhor livre para o húngaro Nandor Nemeth 47.17.

Pódio:
1o Grã-Bretanha 3:30.44 recorde de campeonato
2o Rússia 3:32.03
3o Alemanha 3:33.52

Revezamento 4×100 metros medley feminino –
Para fechar a competição e garantindo o título por pontos e por medalhas, Rússia com novo recorde de campeonato 3:52.22. A equipe teve Anastasiia Fesikova abrindo de costa s59.56, Yulia Efimova e o melhor parcial de peito da história 1:03.95, Svetlana Chimrova 57.34 de borboleta e Mariia Kameneva 53.37 fechando de crawl.
Melhor costas do revezamento para Georgia Davies da Grã-Bretanha 59.44, melhor peito para o feito história de Efimova 1:03.95, melhor parcial de borboleta empatado entre Chimrova da Rússia e Elena Di Liddo da Itália 57.34 e o melhor livre Pernille Blume fechando para a Dinamarca com 51.77.

Pódio:
1o Rússia 3:54.22 recorde de campeonato
2o Dinamarca 3:56.69
3o Grã-Bretanha 3:56.91

Quadro final de medalhas
1o Rússia 26 medalhas, 10 ouros, 10 pratas, 6 bronzes
2o Grã-Bretanha 24 medalhas, 9 ouros, 7 pratas, 8 bronzes
3o Itália 22 medalhas, 6 ouros, 5 pratas, 11 bronzes
4o Hungria 9 medalhas, 4 ouros, 3 pratas, 2 bronzes
5o França 7 medalhas, 4 ouros, 1 prata, 2 bronzes

Classificação por pontos
Geral
1o Rússia 1.183 pontos
2o Itália 1.138 pontos
3o Grã-Bretanha 1.125 pontos

Feminino 1o Itália 518 pontos
Masculino 1o Rússia 568 pontos

Link para os resultados completos:
http://glasgow2018.microplustiming.com/indexglasgow2018_web.php?s=TG9hZENhbGVuZGFyaW8oJzAnKTs=&cat=ASM&page=043&spec=005&bat=001&td=CGR1&hg=&descIT=TWVuIC0gNHgyMDAgbSBTdGlsZSBMaWJlcm8gLSBGaW5hbGU=&descEN=TWVuIC0gNCB4IDIwMCBtIEZyZWVzdHlsZSAtIEZpbmFs&descFR=SG9tbWVzIC0gNHgyMDAgbSBOYWdlIExpYnJlIC0gRmluYWxl&curCatSel_M_F=17:20&sport=Swimming

Deixe uma resposta