Adam Peaty bate recorde de campeonato dos 50 peito duas vezes no Europeu

0
119
FABIOLA MOLINA

Depois da controvérsia do recorde mundial do 100 metros peito, Adam Peaty voltou a piscina para os 50 metros peito nesta terça-feira quebrando o recorde de campeonato duas vezes, na eliminatória e na final. Confira como foi o quinto dia prova a prova:

1500 metros nado livre feminino –

Foi o segundo melhor tempo do mundo em 2018, mas 31 segundos distantes do 15:20.48 de Katie Ledecky dos Estados Unidos no GP de Indianápolis. Mesmo assim, Simona Quadarella da Itália comemorou o título europeu com 15:51.61, dois segundos a menos da marca que lhe deu o bronze no Mundial de Budapeste no ano passado. Interessante que ela teve a liderança da prova durante desde os primeiros 100 metros.

Pódio:
1o Simona Quadarella da Itália 15:51.61
2o Sarah Koehler da Alemanha 15:57.85
3o Ajna Kesely da Hungria 16:03.22

50 metros borboleta masculino –


Dominante, sem ser ameaçado, líder na eliminatória, na semifinal, na final, o recordista mundial Andriy Govorov é absoluto nesta prova. Venceu com 22.48, novo recorde de campeonato, três décimos a frente do britânico Ben Proud. O pódio ainda teve o russo Oleg Kostin quebrando o recorde nacional de seu país quebrando a barreira dos 23 pela primeira vez com 22.97.

Pódio:
1o Andriy Govorov da Ucrânia 22.48 recorde de campeonato
2o Ben Proud da Grã-Bretanha 22.78
3o Oleg Kostin da Rússia 22.97

100 metros costas feminino –
Seis das oito finalistas nadaram abaixo da barreira do minuto. Vitória de Anastasiia Fesikova da Rússia com 59.19. A surpresa foi ver a campeã olímpica Katinka Hosszu em quarto lugar com 59.64.

Pódio:
1o Anastasiia Fesikova da Rússia 59.19
2o Georgia Davies da Grã-Bretanha 59.36
3o Carolotta Zofkova da Itália 5961

200 metros costas masculino semifinal –
O filho de mãe brasileira Hugo Gonzalez da Espanha foi o oitavo classificado para a final da prova com 1:58.43. O melhor tempo ficou para o russo Evgeny Rylov, vice campeão dos 100 costas, agora marcando 1:55.50, dois segundos a frente do segundo colocado, o polaco Radoslaw Kawecki 1:57.56.

100 metros nado livre feminino semifinal –
Recorde de campeonato igualado. Sarah Sjoestroem foi a única na casa dos 52 segundos, marcou 52.67 igualando o tempo que lhe deu a vitória em Berlim em 2014. Femke Heemskerk da Holanda ficou em segundo com 53.35. A italiana Federica Pellegrini fez a sua primeira final individual ao terminar em oitavo na semifinal com 54.28. Surpresa, e das grandes, Pernille Blume da Dinamarca, quinto tempo do mundo com os 52.72 feitos no mês passado no Sette Colli terminou em 10o lugar com 54.71.

50 metros peito masculino semifinal –
Recorde de campeonato nas eliminatórias para Adam Peaty com 26.50 e na semifinal com 26.23. Ainda tivemos mais dois 26, o italiano Fabio Scozzoli com 26.80 e o sérvio Caba Siladji com 26.99. Kirill Prigoda da Rússia entrou com o oitavo tempo 27.17.

200 metros peito feminino –


Campeã dos 100 peito, Yulia Efimova levou os 200. Venceu com 2:21.31 com parciais de 33.82, 1:09.21 (35.39), 1:45.00 (35.79), 2:21.31 (36.31). No mês passado, Efimova marcou 2:20.72, melhor tempo do mundo este ano no Sette Colli. Três nadadoras brigaram pela prata e bronze, as três terminaram na casa dos 2:23.

Pódio:
1o Yulia Efimova da Rússia 2:21.31
2o Jessica Vall Montero da Espanha 2:23.02
3o Molly Renshaw da Grã-Bretanha 2:23.43

200 metros nado livre masculino –


Nadando na raia 8, segundo melhor tempo do mundo para a vitória do britânico Duncan Scott marcando 1:45.34. Sua primeira grande conquista internacional em marca que lhe deixou a apenas dois décimos de quebrar o recorde nacional de seu país que pertence a James Guy que hoje terminou em quarto lugar com 1:46.20. Parciais de Scott 24.78, 51.37 (26.59), 1:18.47 (27.10), 1:45.34 (26.87). O lituano Danas Rapsys, melhor tempo do mundo em 2018 com 1:45.12 feito no Aberto de Estocolmo em abril terminou em segundo com 1:46.07.

Pódio:
1o Duncan Scott da Grã-Bretanha 1:45.34
2o Danas Rapsys da Lituânia 1:46.07
3o Mikhail Dovgalyuk da Rússia 1:46.15

200 metros medley feminino semifinal –
Apenas a britânica Siobhan-Marie O’Connor nadou abaixo do 2:10. Marcou 2:09.80. A húngara Katinka Hosszu voltou a piscina para fazer o segundo tempo com 2:10.49. Em oitavo, com a última vaga para a final Fantine Lesaffre entrou com 2:13.13.

Revezamento 4×200 metros nado livre feminino –


Terceira vitória do time da casa em provas de revezamento. Foi a primeira vez na história que a Grã-Bretanha vence o revezamento 4×200 metros nado livre desde que a prova foi incluída na competição. O jovem time britânico teve:
Eleanor Faulkner de 25 anos 1:59.25
Kathryn Greenslade de 20 anos 1:57.94
Holly Hibbott de 18 anos 1:58.46
Freya Anderson de 17 anos 1:56.00 (melhor parcial da prova)

Pódio:
1o Grã-Bretanha 7:51.65
2o Rússia 7:52.87
3o Alemanha 7:53.76

Classificação de medalhas faltando dois dias de competição:
1o Rússia 20 medalhas, 7 ouros, 8 pratas, 5 bronzes
2o Grã-Bretanha 16 medalhas, 6 ouros, 5 pratas, 5 bronzes
3o Itália 13 medalhas, 3 ouros, 2 pratas, 8 bronzes
4o França 4 medalhas, 3 ouros, 1 bronze
5o Alemanha 6 medalhas, 2 ouros, 2 pratas, 2 bronzes

Link para os resultados completos:
http://glasgow2018.microplustiming.com/indexglasgow2018_web.php?s=TG9hZENhbGVuZGFyaW8oJzAnKTs=&cat=ASM&page=043&spec=005&bat=001&td=CGR1&hg=&descIT=TWVuIC0gNHgyMDAgbSBTdGlsZSBMaWJlcm8gLSBGaW5hbGU=&descEN=TWVuIC0gNCB4IDIwMCBtIEZyZWVzdHlsZSAtIEZpbmFs&descFR=SG9tbWVzIC0gNHgyMDAgbSBOYWdlIExpYnJlIC0gRmluYWxl&curCatSel_M_F=17:20&sport=Swimming

Deixe uma resposta