Análise dos parciais de Guilherme Costa o recorde sul-americano dos 800 livre

0
265
FABIOLA MOLINA

O grande feito da natação brasileira no final de semana, o novo recorde sul-americano dos 800 metros nado livre por Guilherme Costa nadando como convidado em torneio da FARJ, na piscina do Fluminense marcando 7:56.19. O recorde já era dele desde o ano passado com 7:56.29. Diferente da marca anterior, feita no Troféu FAP, não tivemos parciais oficiais do sistema de cronometragem. Assim, a comparação que apresentamos abaixo é feita com os parciais fornecidos pelo treinador do atleta, Rogério Karfunkelstein.

Parciais oficiais do recorde anterior
Troféu FAP, novembro 2017
27.72, 29.42 (57.14)
30.06, 30.04 (1:57.24)
30.31, 30.08 (2:57.63)
30.21, 30.16 (3:58.00)
30.24, 30.36 (4:58.60)
30.26, 30.29 (5:59.15)
30.16, 30.17 (6:59.48)
29.00, 27.81 (7:56.29)

Parciais não-oficiais do novo recorde
Troféu Celebridades FARJ, março 2018
27.3, 29.5 (56.8)
29.8, 29.9 (1.55)
30.1, 30.0 (2:55)
30.3, 30.3 (3:56)
29.3, 29.9 (4:56)
29.8, 29.9 (5:56)
30.2, 30.1 (6:57)
29.71, 29.0 (7:56)

Uma informação importante é referente a estratégia de Guilherme. Segundo seu treinador Kafu, a intenção de nadar a prova foi utilizar um ritmo da prova dos 1500 metros nado livre, e não no padrão dos 800 metros nado livre. A título de comparação, quando Guilherme quebrou o recorde sul-americano dos 1500 metros nado livre em dezembro, no Open, seus parciais de 400 metros e 800 metros nado livre foram respectivamente 3:57.80 e 7:59.79. Agora, 3:56 e 7:56.19.

Comparando com a prova dos 800 metros nado livre de novembro, Guilherme, mais descansado, fechou melhor do que neste final de semana.

Vale destacar que os 800 metros nado livre fazem parte tanto do programa do Pan Pacífico deste ano, Mundial de 2019 e especialmente dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Para efeito de projeção, o tempo que levou das eliminatórias para a final do Mundial de Budapeste, no ano passado, foi de 7:50.97. O tempo de Guilherme Costa 7:56.19 terminaria o ano de 2017 como o 36o tempo do ranking mundial. Na temporada de 2018, a marca deste final de semana de Guilherme coloca ele como terceiro tempo do mundo. O líder do ranking mundial de 2018 nos 800 metros nado livre é o americano Zane Grothe que nadou no TYR Pro Swim Series de Atlanta para 7:53.88.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here