Ano a ano, a carreira de Missy Franklin

0
207
FABIOLA MOLINA

1995
Filha de pais canadenses, Melissa Franklin nasceu em Pasadena, Califórnia.

2005
Começou a treinar com Todd Smitz no Colorado Starz onde construiu uma carreira impressionante de 50 recordes estaduais e 17 recordes nacionais nas categorias inferiores.

2008

Aos 13 anos de idade disputa o seu primeiro Junior Nationals participando de 14 provas e chegando a oito finais.

2009
Brilha no Junior Nationals se sagrando pela primeira vez campeã americana em várias provas. Semanas depois, disputa o US Open chegando a sua primeira final absoluta.

2010
No ConocoPhillips National Championships é vice campeã americana dos 100 e 200 metros costas e ganhou o prêio de nadadora mais eficiente da competição. Ganha vaga para o Pan Pacífico, a mais jovem atleta da equipe. No final do ano, a primeira medalha internacional, prata nos 200 metros costas e a segunda no revezamento 4×100 medley, no Mundial de Piscina Curta em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Foi premiada no Golden Goggle Awards como a revelação do ano na natação americana.

2011
Melhor nadadora americana do Mundial de Shanghai em 2011, cinco medalhas, três de ouro, uma prata e um bronze. No Circuito da Copa do Mundo, quebrou o seu primeiro recorde mundial nos 200 costas com 2:00.03 na etapa de Berlim, na Alemanha. Terminou a temporada como vencedora do Circuito de Grand Prix da USA Swiming.

2012
Brilha novamente, melhor nadadora americana nos Jogos Olímpicos de Londres, cinco medalhas, quatro ouros e um bronze, todas com recordes, duas com novos recordes mundiais nos 200 costas e 4×100 medley, e recordes americanos nos 100 costas, 4×200 livre e 4×100 livre. No final do ano, é premiada pela FINA e revista Swimming World como a melhor atleta do ano.

2013
Maior medalhista do Mundial de Barcelona, vence todas as seis provas que participou. Leva o prêmio ESPY como melhor atleta feminina do ano. Depois do Mundial, deixa Todd Smitz entra na Universidade da Califórnia e passa a treinar com Tery McKeever.

2014
No NCAA vence os 200 livre, fica em segundo nos 500 livre. Com uma lesão nas cosas nada o Pan Pacífico e ganha quatro medalhas um ouro, duas pratas e um bronze. Venceu o prêmio Laureus como Melhor Atleta Feminina do Ano pelos resultados do ano anterior.

2015
Mesmo com dois anos restando em sua elegibilidade, depois de ser a melhor nadadora do NCAA vencendo suas três provas e com título nacional por equipes, anuncia sua profissionalização e volta a treinar com Todd Smitz em preparação para o Rio 2016. No Mundial de Kazan, vence cinco medalhas, dois ouros, uma prata e dois bronzes. Melhor resultado individual foi a prata nos 200 metros costas.

2016
Na seletiva americana consegue ficar em segundo nos 200 costas e uma vaga para o revezamento 4×200 metros nado livre. No Rio 2016, para nas semifinais dos 200 costas em 13o lugar e nada apenas as eliminatórias do revezamento. No retorno da Olimpíada, volta a estudar na Cal, mas agora treinando com Dave Duerden, técnico da equipe masculina.

2017
Faz uma cirurgia nos dois ombros e passa o ano participando de eventos e dando clínicas por todo país.

2018
Anuncia mudança de universidade para a Geórgia onde vai estudar e treinar com Jack Bauerle.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here