Programa da natação do Pan 2019 diferente de Tóquio 2020

1
496
FABIOLA MOLINA

Por algum motivo que ninguém sabe, a ODEPA divulgou o programa de provas para os Jogos Pan Americanos de 2019, em Lima, diferente do programa olímpico Tóquio 2020. Na programação divulgada pela entidade na semana passada, não estão as recém inclusas provas de fundo de 800 metros nado livre masculino e 1500 metros nado livre feminino.

Em compensação, além do novo revezamento olímpico 4×100 metros medley misto, o programa do Pan 2019 vai ter o revezamento 4×100 metros nado livre misto, prova que existe apenas nos Campeonatos Mundiais de Piscina Longa.

Com o anúncio da ODEPA, o programa da natação do Pan 2019 vai ter 34 provas, 16 masculinas, 16 femininas, 2 mistas, 26 individuais e oito de revezamento. Confira:
Masculino – 50, 100, 200, 400, 1500 metros nado livre, 100 e 200 metros costas, 100 e 200 metros peito, 100 e 200 metros borboleta, 200 e 400 metros medley, 4×100, 4×200 metros nado livre, 4×100 metros medley.

Feminino – 50, 100, 200, 400, 800 metros nado livre, 100 e 200 costas, 100 e 200 metros peito, 100 e 200 metros borboleta, 200 e 400 metros medley, 4×100, 4×200 metros nado livre e 4×100 metros medley.

Misto – 4×100 metros nado livre, 4×100 metros medley.

Vamos ter um total de 350 nadadores nos Jogos Pan Americanos de 2019. Em 2015, na última edição, em Toronto, no Canadá, foram 312. As equipes podem ter até 36 atletas, 18 de cada sexo.

Teremos índices A e B para a composição deste total de atletas. As marcas devem ser obtidas em competições oficiais determinadas e aprovadas pela ODEPA entre 1o de março de 2018 a 30 de abril de 2019. Apenas o Perú já tem automaticamente a cota total de 36 atletas.

O sistema de classificação vai ser semelhante ao utilizado pela FINA para os três últimos Jogos Olímpicos. Atletas com marcas A terão classificação automática, os atletas com marca B serão considerados, mas após todos os países das Américas que não tenham nadadores sem as respectivas marcas A ou B, sejam chamados, um masculino e um feminino. As vagas restantes serão completadas até o limite de 350 atletas com os atletas de marcas B em ordem pela pontuação FINA.

Para os revezamentos, os países podem inscrever uma equipe por prova com o mínimo de dois atletas com índices, A ou B. Atletas exclusivos para o revezamento estão limitados a dois por sexo, por país. Atletas convocados somente para os revezamentos são obrigados a participar de pelo menos uma das provas, eliminatória ou final.

Pela ordem de classificação de atletas para o Pan 2019:
1o Atletas com índices A
2o Atletas para os revezamentos
3o Atletas Universalidade
4o Completa com aletas com índices B

As inscrições finais por prova serão no di 26 de junho de 2019.

Veja aqui os índices A e B para os Jogos Pan Americanos Lima 2019:
indicesPan2019

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here