FINA estabelece índices para o Mundial de Curta 2018

0
137
FABIOLA MOLINA

A FINA decidiu que o próximo Campeonato Mundial de Piscina Curta vai ter índice de participação. A entidade publicou durante a semana um boletim informando que a edição de Hangzhou, na China, de 3 a 8 de dezembro do próximo ano, vai ter índices A e B.

Os índices A foram estabelecidos com base no 16o lugar do último Mundial de Curta em Windsor no ano passado. Países com atletas com índices A podem colocar até dois nadadores por prova na respectiva prova onde tenham estes índices.

Os índices B, mais fracos, são baseados no índice A + 3,5%. Neste caso, países poderão colocar um atleta por prova nestas respectivas provas com índices.

Países que não tiverem nenhum atleta com índices A ou B, ainda poderão tomar parte no campeonato na condição de “Wild Card”. Nesta opção, poderão ter até quato atletas na competição dois em cada sexo, mas participarão nas provas a serem indicadas pela FINA.

Desde o Mundial de 2016, a idade mínima de participação da natação em competições da FINA é 14 anos para as mulheres e 15 anos para os homens no ano de disputa do torneio.

A obtenção dos índices para o Mundial precisam ser alcançadas em competições reconhecidas pela FINA no período de 1o de agosto de 2017 até 22 de novembro de 2018.

Veja abaixo a tabela de índices estabelecida pela FINA:

Mundial2018indices

DEIXE UMA RESPOSTA