Copa do Mundo volta ao palco da Olimpíada de 2008: Cubo D’água (alterado)

0
118
FABIOLA MOLINA

Beijing National Aquatics Center, o conhecido Cubo D’Água, palco do recorde das oito medalhas olímpicas de Michael Phelps na Olimpíada de 2008 é o palco da sexta etapa do Circuito da Copa do Mundo da FINA. O local que acomodou 17 mil pessoas nos Jogos de 2008, agora tem capacidade para 7 mil pessoas e tem sido utilizado para competições nacionais e treinamentos de equipes de competição. A estrutura toda custou 940 milhões de yuans, algo em torno de 550 milhões de reais. Depois da Olimpíada, uma nova reforma esta no valor de 200 milhões de yuans, 145 milhões de reais adaptou o local para um parque aquático que recebe famílias durante todo ano.

Embora chamado de Cubo, a estrutura é retangular e está prevista para ser sede do curling nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022. Beijing vai ser a primeira cidade que irá receber os Jogos Olímpicos de Inverno e Verão.

O Cubo D’Água foi palco de 25 recordes mundiais nos Jogos de 2008, dois deles seguem imbatíveis: Michael Phelps nos 400 metros medley 4:03.84 e o revezamento 4×100 metros nado livre masculino, equipe dos Estados Unidos 3:08.24.

A sexta etapa da Copa do Mundo começa nesta sexta-feira e as finais serão transmitidas pelo SporTV. A competição terá presença de apenas um nadador brasileiro, Nelson Silva Júnior que já nadou as etapas de Doha e Hong Kong seguiu na Europa em uma série de competições. No último final de semana, Nelson disputou um torneio na Noruega.

Os demais cinco nadadores são do SESI-SP, Etiene Medeiros, Daynara de Paula, Clarissa Rodrigues, Raphael Rodrigues e Matheus Gonche estão em Tóquio, no Japão, desde ontem, participando de um training camp e participarão das etapas de Tóquio e Singapura. Este é o terceiro ano que o SESI-SP participa das etapas asiáticas da Copa do Mundo.

Nas três etapas que restam para o final do Circuito, Beijing, Tóquio e Singapura, atletas que foram campeões olímpicos no Rio 2016, medalhistas de ouro e prata no Mundial de Curta em Windsor 2016, e todos medalhistas do Mundial de Budapeste ficam com a opção de nadar ou não as eliminatórias. Assim, Etiene Medeiros pode ir direto para a final na prova dos 50 metros nado costas.

O SporTV3 transmite as finais de sexta-feira e sábado, porém ambas em video tape. As finais de sexta-feira as 15:30 e as de sábado as 17 horas.