Brandonn Almeida em tom de despedida quebra recorde de campeonato 400 medley

0
341
Brandonn Almeida. Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 11 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA
FABIOLA MOLINA

Brandonn Almeida ainda nada os 1500 livre neste sábado, mas os 400 medley teve um gosto especial. Foi sua terceira vez nadando na casa dos 4:13 na temporada, quebrou o recorde de campeonato que se mantinha desde 2009 e ainda nadou na mesma série que o irmão Bruce. Os dois se abraçaram dentro e fora d’água. Esta é a última competição do nadador que vai passar a treinar e estudar nos Estados Unidos fazendo parte da Universidade South Carolina.

400 medley feminino –

Florencia Perotti. Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 11 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Dobradinha argentina na prova sem Joanna Maranhão. Florencia Perotti que já treina no Brasil há alguns anos, primeiro no Grêmio Náutico União e as duas últimas temporadas no Pinheiros, voltou a nadar perto da sua melhor marca com 4:45.61. Assumiu a ponta no parcial de costas para não perder mais.
Virginia Bardach, a outra argentina, esta do Minas, mas que treina na Argentina, ficou em segundo em acirradíssima disputa com Nathalia Almeida do Flamengo. Bardach tocou na frente 4:50.87, um centésimo a frente da Naná.
Foi a primeira vez que Florencia Perotti se sagrou campeã brasileira absoluta.

400 medley masculino –

Brandonn Almeida. Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 11 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Que prova de Brandonn de Almeida! Nadou pela terceira vez no ano para 4:13 repetindo as performances do Mundial de Budapeste marcando 4:13.76 estabelecendo novo recorde de campeonato superando o tempo de Thiago Pereira de 4:15.26 do Finkel de 2009.
Parciais de Brandonn:
58.87, 2:00.62, 3:15.90, 4:13.76
Dobradinha para o Corinthians com João Gabriel Martimbianco subindo ao pódio de Brasileiro Absoluto pela primeira vez com 4:23.09. Leonardo Coelho Santos do Pinheiros ficou em terceiro com 4:23.63.
O irmão de Brandonn, Bruce Almeida, ficou na quarta posição com 4:25.15, novamente fazendo sua melhor marca pessoal e foi abraçar o irmão ainda dentro d’água ao final da prova. Foi a última prova de Brandonn antes de se mudar para os Estados Unidos onde irá estudar e treinar. Brandonn confirmou ao SporTV que seguirá representando o clube onde foi formado, o Corinthians.

200 livre feminino –

Larissa Oliveira. Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 11 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Sem Manuella Lyrio, que saiu da prova e do revezamento do dia, Larissa Oliveira do Pinheiros venceu sua segunda prova, um dia depois de levar os 100 livre. Larissa venceu com 2:00.41 seguida por duas da nova geração, Rafaela Raurich do Curitibano 2:01.24 e Maria Paula Heitmann do Minas com 2:02.01.
Parciais de Larissa na prova:
28.56, 58.69 (30.13), 1:29.71 (31.02), 2:00.41 (30.70).
Foi a primeira vez que Larissa Oliveira venceu os 200 livre no Troféu José Finkel.

200 livre masculino –

Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 11 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Fernando Scheffer fez a melhor marca pessoal e se sagrou bi campeão dos 200 livre no Troféu José Finkel. Venceu com 1:48.61 com os seguintes parciais:
26.29, 53.73 (27.44), 1:21.14 (27.41), 1:48.61 (27.47).
Mais de um segundo de vantagem sobre Luiz Altamir Melo do Pinheiros que chegou em segundo com 1:49.98. Giovanny Lima do Minas foi terceiro com 1:50.20.
Pedro Spajari do PInheiros entrou com o oitavo tempo, e tentou usar sua velocidade no início de prova, passou os 50 e 100 metros na frente (25.09 e 53.38), mas cansou e terminou em oitavo 1:53.08.

200 costas feminino –

Joanna Maranhao. Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 11 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Joanna Maranhão cada vez que cai na água confirma sua boa fase e de melhor nadadora da competição em Santos. Venceu de ponta a ponta e marcando uma boa marca com 2:12.72 muito próximo do recorde de campeonato de Duane da Rocha 2:12.49 e até mesmo de seu recorde brasileiro e sul-americano 2:12.05 desde o Pan de Toronto.
Parciais de Joanna:
31.52, 1:04.79 (33.27), 1:39.16 (34.37), 2:12.72 (33.56).
Gabriela Albuquerque do Corinthians foi prata com 2:16.47 e Bruna Primati do Pinheiros chegou em terceiro com 2:17.83.
Foi a quarta vez que Joanna Maranhão vence os 200 costas no Finkel, mas não vencia a prova desde 2008. Seus títulos foram: 2004, 2007, 2008 e agora.

200 costas masculino –

Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 11 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Leo de Deus voltou a nadar bem, venceu com 1:58.60 em prova, como nos 200 borboleta, bem controlada. Seus parciais comprovam isso:’
28.19, 58.08 (29.89), 1:28.45 (30.37), 1:58.60 (30.16).
Nathan Bighetti do Minas conquistou sua terceira medalha de prata, repetindo os 50 e 100 costas, e novamente nadando para sua melhor marca. Foia segunda vez que nadou abaixo da barreira dos 2 minutos, agora 1:59.40 contra os 1:59.60 que havia feito no Maria Lenk em maio.
Guilherme Guido, campeão dos 50 e 100 costas, foi bronze nos 200, 2:01.39.
Quinto ano consecutivo que Leo de Deus vence os 200 costas no Finkel. Depois de vencer pela primeira vez em 2013, não perdeu mais.

50 borboleta feminino –

Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 11 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Duas companheiras de treino do SESI-SP, as duas nadadoras na casa dos 26 segundos e apenas seis centésimos separando o ouro da prata. Melhor para Daynara de Paula com 26.80, Etiene Medeiros respirando quase a prova toda em segundo com 26.86.
O bronze ficou para Bruna Lemos do Minas com 27.09.
Títulos de Daynara de Paula nos 50 borboleta no Finkel: 2006, 2009, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017.

50 borboleta masculino –

Nicholas Santos. Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 11 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Com uma saída muito bom, Nicholas Santos da Unisanta tomou a frente para não perder mais. Venceu com 22.97, 11a vez que quebra a barreira dos 23 segundos, a quinta neste ano.
Henrique Martins do Minas, finalista do Mundial nesta prova, chegou em segundo com 23.58 e Cesar Cielo do Pinheiros completou o pódio com 23.78.

Revezamento 4×100 livre feminino –

Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 11 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Vitória do SESI-SP, bi campeões da prova no Finkel, com as seguintes nadadoras:
Sabrina Todão 56.95, Etiene Medeiros 56.22, Priscila Souza 56.25, Daynara de Paula 55.83.
Unisanta em segundo luga rcom 3:47.59 e o melhor parcial da prova para Joanna Maranhão fechando com 55.26. Bronze para o Minas com 3:49.54.

Revezamento 4×100 livre masculino –

Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 11 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Poupando três dos medalhistas de Budapeste nesta prova, Gabriel Santos, Marcelo Chierighini e Cesar Cielo, o Pinheiros correu risco e apostou na sua juventude. Nadou com Pedro Spajari que havia saído dos 200 livre e abriu para 48.93, melhor do que havia feito na prova e se tivesse feito isso teria levado o ouro, seguido por três nadadores que estarão com o Brasil no Mundial Júnior: Breno Correia 49.53, Luiz Gustavo Franco Borges 50.16, e Rodolfo Moreira 50.96.
O Minas ficou em segundo com 3:19.63 e Henrique Martins fechando fez o melhor parcial com 49.86.
A Unisanta foi bronze com 3:20.43 com Matheus Santana fazendo o melhor parcial da equipe na segunda posição com 49.43.

Classificação parcial Top 10:
1o Pinheiros 2.094,5 pontos
2o Minas Tênis Clube 1.491,5 pontos
3o Unisanta 1.291 pontos
4o Corinthians 828 pontos
5o SESI-SP 501,5 pontos
6o Grêmio Náutico União 481 pontos
7o Curitibano 244 pontos
8o Fluminense 208 pontos
9o ABDA 181 pontos
10o Flamengo 131 pontos

DEIXE UMA RESPOSTA