Japão é a primeira delegação de natação a chegar a Hungria

0
301
FABIOLA MOLINA

A primeira delegação internacional da natação a chegar a Hungria é o Japão. A equipe chegou ontem a Hodmezovasarhely, e está treinando num complexo aquático até o final da semana antes de chegar a Budapeste.

Na delegação japonesa, 27 nadadores, o mais veterano é Ryosuke Irie, 27 anos de idade, desde o início do ano treinando nos Estados Unidos com Dave Marsh, e a mais jovem é Rikako Ikke, de 17 anos, escalada para nadar cinco provas individuais (50, 100, 200 livre, 50 e 100 borboleta) e mais revezamentos.

Kosuke Hagino volta em boa forma para a equipe. Venceu quatro das cinco provas que disputou no Campeonato Nacional mesmo voltando de uma cirurgia no cotovelo. Daiya Seto nada os 400 medley em busca de se tornar no primeiro tri campeão mundial da prova.

Nos 200 peito masculino, o Japão tem os dois primeiros colocados do ranking mundial da temporada. Ippei Watanabe que bateu o único recorde mundial deste ano com 2:06.67 e Yasuhiro Koseki que lhe venceu na seletiva com 2:07.18.

Equipe japonesa para o Mundial:
Masculino: Katsumi Nakamura, Shinri Shioura, Ryosuke Irie, Kosuke Hagino, Yasuhiro Koseki, Ippei Watanabe, Masato Sakai, Daiya Seto

Feminino: Rikako Ikee, Chihiro Igarashi, Reona Aoki, Satomi Suzuki, Suzuka Hasegawa, Hiroko Makino, Yui Ohashi, Runa Imai, Sakiko Shimizu

Norimasa Hirai, head coach da equipe japonesa quer ganhar pelo menos três medalhas de ouro em Budapeste, uma a mais do que a campanha no Rio 2016.

Ausências:
Rie Kaneto, aposentada

Japão no último Mundial Kazan 2015:
7o 4 medalhas, 3 de ouro, 1 de prata, 0 bronze

Japão no Rio 2016:
4o 7 medalhas, 2 de ouro, 2 de prata, 3 de bronze

DEIXE UMA RESPOSTA