França leva o primeiro ouro do Mundial, Fernando Ponte em histórico 5o lugar

0
564
FABIOLA MOLINA

Marc Antoine Olivier se sagrou esta manhã no primeiro francês campeão mundial em águas abertas na primeira medalha de ouro deste Mundial 2017. Em prova com 62 nadadores, os 5 quilômetros masculino teve alternância de liderança durante as suas duas voltas no Lago Balaton, a 135 quilômetros da capital Budapeste, mas sempre com Olivier no pelotão da frente.

Pódio completo para a Europa, com o italiano Mario Manzullo chegando em segundo lugar e o britânico Timothy Shuttleworth em terceiro. É a sétima vez que o pódio é completamente europeu nesta prova em Mundiais, a última vez havia sido Shanghai 2011.

Fernando Ponte foi o melhor brasileiro na prova chegando em quinto lugar na sua estreia em Mundiais. Fernando chegou 15 segundos atrás do campeão da prova e apenas cinco segundos depois do medalhista de bronze. O gaúcho com o resultado de hoje torna na melhor performance brasileira nos 5 quilômetros em Mundiais e iguala Allan do Carmo e seu quinto lugar nos 25 quilômetros de Barcelona 2013 como o melhor resultado masculino para o Brasil.

Resultado final errado com Fernando Ponte em 9o

O resultado do 5o lugar de Fernando chegou a ser anunciado como nono. E demorou alguns minutos para a organização consertar a sua colocação. Fora d’água, Fernando já comemorava o feito de ter ficado entre os 10 primeiros colocados, muito mais ainda ao ser reclassificado para a quinta posição.

Uma estreia e tanto para o nadador do União que vê mais chances de resultados nos 10 quilômetros que acontecem na terça-feira. Muitos dos principais nadadores do mundo se pouparam não nadando os 5 quilômetros focando na prova olímpica inclusive o brasileiro Allan do Carmo e o campeão olímpico Ferry Weertman da Holanda.

Fernando Ponte em 5o com 54:47.10 e Victor Hugo Colonese em 40o com 55:46.30. Victor Hugo ainda nada a prova dos 25 quilômetros que acontecem na próxima semana.

O francês Marc Antoine Olivier tem 21 anos de idade e é atleta do treinador Phillipe Lucas desde 2015 quando passou a se dedicar as águas abertas. Foi revelado em Denain, onde foi campeão europeu júnior de águas abertas em 2012 e participou, sem destaque, no Mundial Júnior daquele ano. Em 2015, já com Lucas, foi medalha de bronze nos 1500 livre no Campeonato Francês e terminou em sexto lugar a prova dos 10 quilômetros do Mundial de Kazan, ganhando vaga para a prova olímpica de 2016 como o mais jovem classificado. Abriu 2016 vencendo a sua primeira prova de Copa do Mundo disputada em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Na Olimpíada do Rio, no ano passado, chegou em terceiro lugar em disputa acirrada contra o chinês Zu Lijen Chen, ambos com o mesmo tempo, mas declarado vencedor pela arbitragem. Dedicou sua medalha a companheira de treino, Aurelie Muller, que foi desclassificada na prova feminina em chegada controversa com a italiana Rachele Bruni.

Resultados oficiais top 10 dos 5 quilômetros masculino:
1o Marc Antoine Olivier da França 54:31.40
2o Mario Sanzullo da Itália 54:32.10
3o Timothy Shuttleworth da Grã-Bretanha 54:42.10
4o Kirill Abrosimov da Rússia 54:45.90
5o Fernando Ponte do Brasil 54:47.10
6o Andrea Manzi da Itália 54:47.60
7o Kristof Rasovskzy da Hungria 54:47.60
8o Logan Fontaine da França 54:47.90
9o Vitaly Khudyakov do Cazaquistão 54:48.10
10o David Heron dos Estados Unidos 54:48.20
40o Victor Hugo Colonese do Brasil 55:46.30

DEIXE UMA RESPOSTA