França leva o primeiro ouro do Mundial, Fernando Ponte em histórico 5o lugar

0
512

Marc Antoine Olivier se sagrou esta manhã no primeiro francês campeão mundial em águas abertas na primeira medalha de ouro deste Mundial 2017. Em prova com 62 nadadores, os 5 quilômetros masculino teve alternância de liderança durante as suas duas voltas no Lago Balaton, a 135 quilômetros da capital Budapeste, mas sempre com Olivier no pelotão da frente.

Pódio completo para a Europa, com o italiano Mario Manzullo chegando em segundo lugar e o britânico Timothy Shuttleworth em terceiro. É a sétima vez que o pódio é completamente europeu nesta prova em Mundiais, a última vez havia sido Shanghai 2011.

Fernando Ponte foi o melhor brasileiro na prova chegando em quinto lugar na sua estreia em Mundiais. Fernando chegou 15 segundos atrás do campeão da prova e apenas cinco segundos depois do medalhista de bronze. O gaúcho com o resultado de hoje torna na melhor performance brasileira nos 5 quilômetros em Mundiais e iguala Allan do Carmo e seu quinto lugar nos 25 quilômetros de Barcelona 2013 como o melhor resultado masculino para o Brasil.

Resultado final errado com Fernando Ponte em 9o

O resultado do 5o lugar de Fernando chegou a ser anunciado como nono. E demorou alguns minutos para a organização consertar a sua colocação. Fora d’água, Fernando já comemorava o feito de ter ficado entre os 10 primeiros colocados, muito mais ainda ao ser reclassificado para a quinta posição.

Uma estreia e tanto para o nadador do União que vê mais chances de resultados nos 10 quilômetros que acontecem na terça-feira. Muitos dos principais nadadores do mundo se pouparam não nadando os 5 quilômetros focando na prova olímpica inclusive o brasileiro Allan do Carmo e o campeão olímpico Ferry Weertman da Holanda.

Fernando Ponte em 5o com 54:47.10 e Victor Hugo Colonese em 40o com 55:46.30. Victor Hugo ainda nada a prova dos 25 quilômetros que acontecem na próxima semana.

O francês Marc Antoine Olivier tem 21 anos de idade e é atleta do treinador Phillipe Lucas desde 2015 quando passou a se dedicar as águas abertas. Foi revelado em Denain, onde foi campeão europeu júnior de águas abertas em 2012 e participou, sem destaque, no Mundial Júnior daquele ano. Em 2015, já com Lucas, foi medalha de bronze nos 1500 livre no Campeonato Francês e terminou em sexto lugar a prova dos 10 quilômetros do Mundial de Kazan, ganhando vaga para a prova olímpica de 2016 como o mais jovem classificado. Abriu 2016 vencendo a sua primeira prova de Copa do Mundo disputada em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Na Olimpíada do Rio, no ano passado, chegou em terceiro lugar em disputa acirrada contra o chinês Zu Lijen Chen, ambos com o mesmo tempo, mas declarado vencedor pela arbitragem. Dedicou sua medalha a companheira de treino, Aurelie Muller, que foi desclassificada na prova feminina em chegada controversa com a italiana Rachele Bruni.

Resultados oficiais top 10 dos 5 quilômetros masculino:
1o Marc Antoine Olivier da França 54:31.40
2o Mario Sanzullo da Itália 54:32.10
3o Timothy Shuttleworth da Grã-Bretanha 54:42.10
4o Kirill Abrosimov da Rússia 54:45.90
5o Fernando Ponte do Brasil 54:47.10
6o Andrea Manzi da Itália 54:47.60
7o Kristof Rasovskzy da Hungria 54:47.60
8o Logan Fontaine da França 54:47.90
9o Vitaly Khudyakov do Cazaquistão 54:48.10
10o David Heron dos Estados Unidos 54:48.20
40o Victor Hugo Colonese do Brasil 55:46.30

DEIXE UMA RESPOSTA