Natação perde 22 atletas para Olimpíada Tóquio 2020

0
421

O COI aumentou o número de esportes para os Jogos de Tóquio 2020 em relação ao Rio 2016 de 28 para 33, de eventos de 306 para 329, mas vai diminuir o número de atletas de 11.182 para 11.090. A complicada conta foi reduzindo diversas modalidades em número de atletas participantes, principalmente pela incorporação de novas modalidades como beisebol/softbol, escalada, surfe, caratê e skate.

Nos esportes aquáticos, a natação perdeu 22 vagas e o polo aquático 18. O polo ganhou dois times no torneio feminino, passando de 8 para 10 equipes, mas com uma redução do número de atletas por equipe. Já na natação, tivemos aumento do número de provas, três (800 livre masculino, 1500 livre feminino, 4×100 medley misto), e uma redução de 22 atletas.

No Rio 2016, a natação teve 900 vagas, 450 para cada sexo. Para Tóquio 2020, serão 439 para cada sexo, total 878 vagas.

Veja o total de atletas dos esportes aquáticos para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020:
Natação – 439 homens, 439 mulheres, 878 total
Saltos ornamentais – 68 homens, 68 mulheres, 136 total
Águas abertas – 25 homens, 25 mulheres, 50 total
Nado sincronizado – 104 mulheres, 104 total
Polo aquático – 132 homens, 110 mulheres, 232 total
Esportes Aquáticos – 664 homens, 746 mulheres, 1.410 total

Pelo número de atletas, os esportes aquáticos aparecem em segundo na Olimpíada Tóquio 2020 com 1.410 atletas, atrás apenas do atletismo com 1.900 atletas.