Como foi o primeiro Sul-Americano da Juventude em 2013?

0
127

Rodrigo Codo Berti, fez a competição da sua vida na disputa da primeira edição dos Jogos Sul-Americanos da Juventude. Foi em 2013, em setembro daquele ano, em Lima, no Perú, quando o Brasil se sagrou vencedor da competição somando 137 medalhas, sendo 69 de ouro, 37 de prata e 31 de bronze.

Berti foi o maior medalhista da natação, do Brasil, da competição. Foram 10 medalhas, 6 de ouro, 3 de prata e 1 de bronze:
Ouro –
4×100 livre misto
200 medley 2:04.80
4×100 medley misto
100 costas 57.08
50 borboleta 25.30

Prata –
100 borboleta 56.60
50 costas 26.80
4×100 livre

Bronze
50 peito 30.82

E Berti ainda nadou mais três provas sem subir ao pódio:
5o nos 100 peito 1:08.08
4o nos 50 livre 23.96
8o nos 200 costas 2:22.05

13 provas nadadas, 10 medalhas, seis de ouro, a competição de sua vida e um resultado que marcou a carreira do jovem nadador paulista. Rodrigo Berti atualmente defende o Curitibano e está na sua segunda temporada na natação universitária americana onde defende a equipe da University of Indianapolis.

No encerramento da competição, Berti foi indicado pelo Comitê Olímpico do Brasil para ser o porta-bandeira da equipe.

Nos Jogos Sul-Americanos da Juventude 2013, entre os nadadores internacionais, o grande destaque foi o venezuelano Carlos Claverie, campeão das provas de peito e que no ano seguinte, nos Jogos Olímpicos da Juventude em Nanjing, na China, seria medalhista nas três provas, prata nos 50 e 200 peito, e bronze nos 100 peito.

Resultados completos da competição:

Resultadoscompletos

DEIXE UMA RESPOSTA