Joanna, Cielo e Nicholas vão para o 6o Mundial igualando recorde histórico

0
427
Cesar Cielo. Trofeu Maria Lenk. Parque Aquatico Maria Lenk. 06 de Maio de 2017, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Dezesseis nadadores vão representar o Brasil no 17o Campeonato Mundial dos Esportes Aquáticos em Budapeste. Três deles irão fazer seu sexto Mundial, recorde na história da natação brasileira igualando os já recordistas Flávia Delaroli (2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011) e Thiago Pereira (2003, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015). Os novos recordistas são Joanna Maranhão, Cesar Cielo e Nicholas Santos.

Do grupo, quatro nadadores irão fazer sua estreia em Mundiais Absolutos em piscina longa. São eles, Gabriel Silva Santos, Henrique Martins, Brandonn Almeida e Guilherme Costa.

Vale ressaltar que Brandonn Almeida foi convocado para fazer parte do Mundial de 2015, porém fez a opção de não participar da competição em Kazan focando na preparação do Mundial Júnior de Singapura e nos Jogos Pan Americanos de Toronto, onde em ambas terminou como medalhista de ouro.

Joanna Maranhao. Trofeu Maria Lenk. Parque Aquatico Maria Lenk. 05 de Maio de 2017, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Veja o retrospecto de cada um dos convocados e o número de Mundiais que participou pelo Brasil:

6o Mundial
Joanna Maranhão – 2003, 2005, 2009, 2013, 2015, 2017
Cesar Cielo – 2007, 2009, 2011, 2013, 2015, 2017
Nicholas Santos – 2001, 2003, 2009, 2013, 2015, 2017

5o Mundial
Felipe Lima – 2007, 2011, 2013, 2015, 2017
Etiene Medeiros – 2009, 2011, 2013, 2015, 2017

4o Mundial
Leonardo de Deus – 2011, 2013, 2015, 2017
Marcelo Chierighini – 2011, 2013, 2015, 2017
Guilherme Guido – 2009, 2011, 2015, 2017

3o Mundial
João Luiz Gomes Jr – 2009, 2013, 2017
Manuella Lyrio – 2013, 2015, 2017
Bruno Fratus – 2011, 2015, 2017*

2o Mundial
Thiago Simon – 2015, 2017

Estreantes
Gabriel Silva Santos
Henrique Martins
Brandonn Almeida
Guilherme Costa

* Bruno Fratus conquistou vaga para o Mundial de 2013 para o 4×100 livre, mas como operou o ombro ficou de fora da competição.

DEIXE UMA RESPOSTA