Mais 2 bronzes para o Brasil no Sul-Americano de Águas Abertas

0
445
FABIOLA MOLINA

Terceiro dia de provas no Sul-Americano de Águas Abertas no Lago Calima, na Colômbia, terceiro dia com mais duas medalhas para o Brasil, desta vez duas de bronze, totalizando seis medalhas no total. Gabrielle Roncatto e Elder Luna Oliveira ficaram na terceira posição da prova dos 10 quilômetros para nadadores de 18-19 anos, uma novidade incluída neste Sul-Americano pela Consanat.

O Brasil chega a seis medalhas, uma de ouro, uma de prata e quatro de bronze, ocupando a terceira colocação na classificação por medalhas da modalidade. O Perú é o líder com quatro medalhas, sendo três de ouro.

Na prova de hoje, Camila Tribst ficou em sexto na prova feminina e Matheus Hirota Costa em quarto na prova masculina. Fechando o Sul-Americano acontece nesta sexta-feira as provas de revezamento na distância de 10 quilômetros, com quatro atletas, dois de cada sexo em duas categorias: 14-16 anos e aberto.

Resultados da prova dos 10K:
Masculino
1o Nicolas Castro Prado do Equador 2:02.48.73
2o Piero Fabrizio Canduelas Nascimento do Perú 2:02.52.53
3o Elder Luna dos Santos Oliveira do Brasil 2:02.56.40
4o Mattheus Hirota Costa do Brasil 2:02.58.87

Feminino
1o Maria Alejandra Bramont Arias Garcia do Perú 2:12.30.05
2o Kareis del Carmen Clemant Materano da Venezuela 2:16.32.41
3o Gabrielle Roncatto do Brasil 2:17.12.52
6o Camila Poso Tribst do Brasil 2:27.45.46

Quadro de medalhas das águas abertas no Sul-Americano:
Perú 4 medalhas, 3 ouros, 1 prata
Equador 4 medalhas, 2 ouros, 1 prata, 1 bronze
Brasil 6 medalhas, 1 ouro, 1 prata, 4 bronzes
Colômbia 2 medalhas, 2 pratas
Venezuela 2 medalhas, 1 prata, 1 bronze

DEIXE UMA RESPOSTA