Carta aberta da candidatura de oposição da CBDA

0
563
FABIOLA MOLINA

CARTA ABERTA DA CHAPA INOVAÇÃO E TRANSPARÊNCIA

A Chapa “Inovação e Transparência” de oposição à atual gestão da CBDA, encabeçada por Miguel Cagnoni, vem a público lamentar o cenário atual do desporto aquático brasileiro no fundo da piscina, levando para a prisão a maioria dos membros da diretoria da CBDA, inclusive seu Presidente. Gostaríamos de deixar claro em primeiro lugar que não temos qualquer responsabilidade pelas investigações feitas pelo Ministério Público Federal.

No plano eleitoral, é importante ressaltar que somos a única Chapa absolutamente ficha-limpa que conta com inúmeros resultados expressivos no cenário nacional e internacional do desporto aquático, conquistados pelo nosso candidato então à frente da Federação Aquática Paulista.

A nossa intenção como chapa de oposição tem dois motes muito definidos: inovação e transparência. É isso que queremos para a natação brasileira.

Queremos inovar, com uma gestão compartilhada como qualquer gestão moderna, onde todos os atores dos desportos aquáticos brasileiros façam parte, treinadores, atletas, clubes, árbitros e todos aqueles que batalham diariamente na beirada das piscinas.

Ainda no campo da inovação, queremos diversificar a administração em polos regionais, para que os problemas de um país tão grande sejam resolvidos rapidamente, e onde os clubes e presidentes de federação encontrarão seus núcleos de apoio, e serão cada vez mais ouvidos e esclarecidos dentro da realidade dos seus problemas.

Quanto à transparência, nós não podemos nem dizer o que isso significa hoje em função de todas essas situações que ocorreram recentemente na CBDA. A transparência tem que ser obrigação em qualquer entidade, em qualquer realidade que se faça hoje na administração esportiva no Brasil e no Mundo. Por isso, a colocamos em um valor de destaque na nossa campanha eleitoral.

Queríamos enfatizar também que temos plena confiança na justiça e na pessoa do administrador judicial, para que se harmonizem as coisas de forma provisória, e para que no futuro as coisas caminhem dentro de uma visão segura e moderna de gestão.

Nós seremos vitoriosos e com isso não teremos nenhum tipo de atuação contrária àqueles que por ventura tenham votado contra, porque a democracia ainda impera nesse país. Após a eleição faremos um grande trabalho de organização dos esportes aquáticos, contando com todos os presidentes de federações, contando com a comissão de atletas, contando com os árbitros, contando com os clubes, contando com todos aqueles que fazem parte de um esporte com águas limpas e transparentes.

É isso que a chapa de oposição tem em mente. O mundo mudou muito nesses últimos 29 anos, e os esportes aquáticos precisam mudar também.

Miguel Cagnoni
Chapa Inovação e Transparência

DEIXE UMA RESPOSTA