As comissões técnicas que vão comandar o Brasil no Sul-Americano

0
1028
FABIOLA MOLINA

Duas mudanças na comissão técnica do Brasil para o Sul-Americano Juvenil em abril. Em boletim publicado pela CBDA nesta segunda-feira, o Professor Romulo Noronha não será mais o chefe da delegação sendo substituído pelo Professor Amauri Machado. A anterior havia sido a substituição do fisioterapeuta Rafael Martins de Oliveira por Marwan Lopes do Corinthians.

Com isso, a equipe que vai comandar a natação no Sul-Americano Juvenil será:
Chefe de equipe – Amauri Machado
Treinadores:
Danilo Lima, Juvenil A feminino
André Cordeiro, Juvenil A masculino
Paulo Augusto Prado, Juvenil B feminino
Luis Flávio Provençano, Juvenil B masculino
Dr. Marcus Bernhoeft, médico
Marwan Lopes, fisioterapeuta
Vagner Nascimento, massagista

Entre os treinadores, apenas Luis Flávio Provençano é estreante em Seleções Brasileiras. Danilo Lima e Paulo Augusto Prado tem sido figuras constantes nos últimos anos em Sul-Americanos e Multinations. André Cordeiro também esteve em outras seleções em destaque o Mundial Júnior de 2008 em Monterrey, no México. Paulo Augusto Prado também foi treinador em Mundial Júnior, em 2013 em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Luis Flávio Provençano esteve na Seleção Brasileira Escolar no Sul-Americano em Assunção, no Paraguai, em 2015.

Para as águas abertas também já foi anunciada a comissão técnica do Brasil para o Sul-Americano.
Chefe da equipe Christiane Fanzeres
Médica Dra. Cláudia Coutinho
Treinadores Julio Cesar Wood Saldanha
Alexandre Gilson Campos Nina

Christiane Fanzeres é a Supervisora da modalidade na CBDA e foi a Gerente da modalidade de águas abertas nos Jogos Olímpicos do Rio 2016. A médica da delegação é Dra. Cláudia Coutinho que tem sido bastante presente em diversas viagens da Seleção Principal. Dra. Cláudia Coutinho, além de ser médica especializada na medicina esportiva, também é atleta de maratonas aquáticas.

Entre os treinadores, dois nomes já conhecidos em seleções brasileiras. Julio Cesar Wood Saldanha volta para a sua segunda seleção de águas abertas consecutiva. Ele foi um dos treinadores que esteve com a equipe no último Sul-Americano Juvenil em 2015. O outro é Alexandre Nina, carioca de nascimento, mas radicado há anos no Maranhão, já foi treinador de diversas equipes de Multinations e Sul-Americanos Juvenil, porém fará a sua primeira seleção como treinador de águas abertas.

Campeonato Sul-Americano Juvenil será em Cali, na Colômbia, nas seguintes datas:
Natação, 18 a 22 de abril
Saltos ornamentais, 18 a 22 de abril
Polo aquático, 25 a 29 de abril
Nado sincronizado, 26 a 29 de abril
Águas abertas, 25 a 29 de abril

DEIXE UMA RESPOSTA